Com mais de 40 mil vagas a Austrália espera por si

0 25

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Considerada a 13ª maior economia do mundo, contando com o 13º maior PIB per capita e a 9ª maior bolsa de valores, a Austrália é um país próspero, multicultural, tecnologica e insdustrialmente avançado e um dos melhor classificados em termos de qualidade de vida, saúde, esperança média de vida, desenvolvimento humano, educação pública, liberdade econômica, proteção de liberdades civis e direitos políticos e, portanto, um dos melhores países quando se pensa em emigrar. No entanto, esta terra de oportunidades, não se demonstra tão tentadora no que toca à atribuíção de vistos de trabalho.

austrália_empregopelomundo

CANDIDATE-SE A MAIS DE 40 MIL VAGAS

A Austrália tem mais de 40 mil oportunidades em aberto, em diversas áreas, veja AQUI. Para além da plataforma oficial pode explorar também as ofertas publicadas nos sites de emprego mais populares no país: My Career, Career One e Seek.

TRABALHAR EM SIDNEY

De acordo com a lista publicada pela Mercer, Sidney,  é a 11ª cidade do mundo com melhor qualidade de vida, com base nos critérios financeiros, de segurança, ambiente e qualidade de serviços. Sede da actividade financeira, contando com mais de 90% dos bancos nacionais, a cidade com mais população da Austrália é também o centro das indústrias criativas e tecnológicas e das instituições de ensino. Se está interessado em encontrar uma oportunidade em Sidney, o EPM recomenda a leitura do Guia Oficial para Trabalhar e Viver em Sidney. Consulte também, os contactos do Consulado de Portugal em Sidney.

SOBRE OS VISTOS

Se pretende estar apto a trabalhar legalmente na Austrália, quer em tempo integral, como parcial ou até voluntariado, deve solicitar o visto antes de ir. O governo australiano tem leis rígidas sobre o emprego de estrangeiros e atribui penalizações severas a quem as desobedece.

A Embaixada da Austrália em Portugal não trata dos vistos de entrada no país, sendo que as informações e documentação necessárias terão de ser obtidas eletronicamente no do site oficial do governo australiano para vistos e imigração ou num balcão do Departamento de Imigração e Cidadania, em Madrid, Londres, Berlim ou Viena.

Existem vários tipos de vistos, de acordo com o propósito da viagem à Austrália, alguns dos quais, não se encontram disponíveis para Portugal. O EPM foi saber quais os vistos mais recorrentes:

 eVisitor (subclasse 651). É um visto emitido eletronicamente e sem custos, com a validade de um ano e direito a múltiplas entradas no país, por um período máximo de três meses de permanência após cada entrada. Não permite trabalhar no país, mas permite visitar e explorar as oportunidades existentes. Deve fazer o pedido do eVisitor duas semanas antes de viajar.

Business (Short Stay) Visa (Subclass 456) Gratuito para cidadãos europeus, este visto permite permanecer na Austrália até três meses, podendo ser acompanhado de familiares, desde  que demonstre a sua função e empresa para a qual trabalha e com a qual vai realizar contacto.

Temporary Work (Skilled) (subclasse 457) Este visto pode ser obtido após prestar provas das suas qualificações e do patrocinio da empresa disposta a recebe-lo na sua área profissional. Assim, primeiro a empresa empregadora inscreve-se como patrocinadora, depois indica o seu nome e posteriormente faz o pedido de visto. O custo total das três fases chega  ronda os 450 euros, cerca de 560 dólares australianos. Este visto é valido para trabalhar até quatro anos na Austrália, podendo ser acompanhado da sua família. Passados os quatro anos, se desejar permanecer no país, poderá pedir autorização de residência.

ELICOS Sector (subclasse 570) Para assistir a cursos a título oficial e de duração superior a três meses terá de pedir este visto. Pode levar consigo familiares dependentes, que ficam autorizados a ter um part-time, de até 40 horas quinzenais. O visto tem o custo de 445 euros e só poderá ser emitido após comprovar que está inscrito numa instituição de ensino australiana.

É também importante referir que muitas profissões especializadas, como a de médico, têm um visto próprio. Informe-se acerca de todos os vistos AQUI. Visite também o site Portuguese in Australia, criado por imigrantes portugueses, que disponibiliza informações acerca de vistos, alojamento e do emprego na Austrália.
Gostar
Seguir
google

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina a nossa Newsletter e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo