A nova geração de analgésicos pode ter origem em veneno de cobral

0 12

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Actualmente o medicamento mais eficaz no combate à dor é a morfina, mas esta apresenta muitos efeitos colaterais para o paciente, entre eles uma severa dependência química.

thumbnail
Pesquisadores franceses divulgaram em outubro de 2012 uma descoberta que pode acabar com esse problema, foram detectadas propriedades analgésicas parecidas no veneno da mamba negra (Dendroaspis polylepis), uma perigosa cobra africana.

Em 1990 cientistas descobriram que uma família de proteínas, chamadas de ASICs, são as principais responsáveis pela sensação de dor nos seres humanos. Estudando o veneno da mamba negra, eles chegaram à conclusão de que ele possuía um forte potencial anestésico, sendo menos prejudicial à saúde em comparação com a morfina e agindo diretamente sobre as ASICs, através dos peptídeos.

Uma picada dessa cobra pode ser fatal, levando a vítima a óbito em poucas horas após o ataque. Porém, com a manipulação em laboratório, o veneno pode se tornar a principal arma contra dores lancinantes, sobretudo para aliviar o sofrimento de pacientes terminais.

Essa pesquisa foi desenvolvida por Sylvie Diochot e Anne Baron, cientistas do Instituto de Farmacologia Molecular e Celular (CNRS/Universidade de Nice-Sophia Antipolis).

Gostar
Seguir
google

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina a nossa Newsletter e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo