Como entender o exame de sangue

0 20

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Para entender o exame de sangue, é preciso estar atento ao tipo de exame que o médico solicitou, aos valores de referência do laboratório onde foi realizado o exame e o resultado obtido. No entanto, o médico que solicitou o exame é o mais indicado para avaliar estes resultados.

Após o hemograma, os exames de sangue que são mais solicitados são: VHS, CPK, TSH, PCR, exames para o fígado e o PSA, e por isso indicamos na tabela a seguir, os possíveis resultados para estes exames. Os valores de referência dos exames de sangue podem variar de um laboratório para o outro, e por isso, não são citados aqui.

Exame de sangue VHS

Avalia se há inflamaçãoAlto: resfriado, amigdalite, infecção urinária, artrite reumatóide, lúpus.

Baixo: insuficiência hepática.

Exame de sangue CPK

Avalia a função cardíacaAlto: infarto, AVC, hipotireoidismo, choque ou queimadura elétrica, alcoolismo cronico, edema pulmonar, embolia, distrofia muscular, exercício extenuantes, polimiosite, dermatomiosites, injeções intramusculares recentes e após crises convulsivas, uso de cocaína.

Exame de sangue TSH

TSH – hormônio estimulador da tireóideAlto: hipotireoidismo primário não tratado, devido a retirada de parte da tireóide.

Baixo: hipertireoidismo

T3 – triiodotironina totalAlto: Em tratamento com T3 ou T4.

Baixo: Doenças graves em geral, pós operatório, em idosos, jejum, uso de medicamentos como propranolol, amiodarona, corticoides.

T4 – Tiridoxina totalAlto: miastenia grave, gravidez, pré eclampsia, doença de grave, hipertireoidismo, anorexia nervosa, uso de medicamentos como amiodarona e propranolol.

Baixo: hipotireoidismo, nefrose, cirrose, doença de Simmonds, pré eclâmpsia ou insuficiência renal crônica.

Exame de sangue PCR

Indica se há inflamção.Alto: Inflamação arterial, infecções bacterianas como apendicite, otite média, pielonefrite, doença inflamatória pélvica; câncer, doença de Crohn, infarto, pancreatite, febre reumática, artrite reumatóide, obesidade.

Exame de sangue para o fígado

TGO – transaminase glutâmico-oxaloacéticaAlto: morte celular, infarto, cirrose aguda, hepatite, pancreatite, doença renal, câncer, alcoolismo, queimaduras, trauma, injúria por esmagamento, distrofia muscular, gangrena.

Baixo: diabetes não controlado, beribéri.

TGP – transaminaseAlto: hepatite, icterícia, cirrose, câncer hepático, infarto, queimaduras severas, trauma, choque, mononucleose, pancreatite, obesidade.

Exame de sangue PSA

PSAAlto: Próstata aumentada, prostatite, retenção de urina aguda, biópsia prostática por agulha, ressecção trans-uretral da próstata, câncer de próstata.

Outros parâmetros que também podem ser avaliados pelo exame de sangue são:

  • Hemograma completo: serve para avaliar os glóbulos brancos e vermelhos do sangue, sendo útil para o diagnóstico da anemia, por exemplo;
  • Colesterol: serve para avaliar o HDL, LDL e o VLDL, relacionando com o risco de doença cardiovascular;
  • Ureia e creatinina: serve para avaliar o grau do comprometimento dos rins;
  • Glicose: serve para diagnosticar a diabetes;
  • Ácido úrico: serve para avaliar o funcionamento dos rins, mas deve ser associado a outros exames;
  • Albumina: serve para ajudar a medir o estado nutricional do indivíduo.

exame de sangue de gravidez é o Beta hCG, que pode confirmar a gravidez mesmo antes do atraso da menstruação.

 

Fonte: http://www.tuasaude.com/como-entender-o-exame-de-sangue/

Gostar
Seguir
google

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina a nossa Newsletter e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo