Profissionais de saúde cometem um terço dos atos de violência contra colegas

0 9

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Um terço dos casos de violência contra profissionais de saúde registado no ano passado em Portugal foi cometido por colegas, nomeadamente nas consultas externas, segundo um relatório da Direção-geral da Saúde (DGS) hoje divulgado.

Profissionais de saúde cometem um terço dos atos de violência contra colegas

Lusa

Os dados de 2013 indicam que do total de notificações de episódios de violência notificados online no site da DGS, 69 foram realizados por profissionais de saúde da instituição contra os próprios colegas.

Ainda assim, a maioria dos agressores nos 202 casos registados é composta por doentes, enquanto os familiares dos utentes surgem em último lugar, com 33 agressões.

Os profissionais de saúde são os principais autores de casos de violência contra esta classe na consulta externa. Na psiquiatria e nas urgências dominam as agressões por doentes.

Já em 2012 os profissionais de saúde tinham sido responsáveis por 23% dos casos de violência. Em primeiro lugar surgiram novamente os doentes (51%) e em terceiro os seus familiares (19%).

Em 2013, a violência entre profissionais de saúde aumentou 10 pontos percentuais, de 23% para 35%.

De acordo com o relatório referente a 2013, a grande maioria dos agressores é do sexo feminino, enquanto o grupo etário predominante tem entre 40-49 anos.

 

Fonte: http://www.noticiasaominuto.com/

Gostar
Seguir
google

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina a nossa Newsletter e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo