Duas centenas de enfermeiros exigiram na rua pagamento de horas devidas

0 6

 

Cerca de duas centenas de enfermeiros concentraram-se esta quinta-feira em frente ao Hospital São Francisco Xavier para exigir o pagamento de todas as horas trabalhadas e não pagas entre 2008 e 2012, uma dívida de que garantem não desistir, avança a agência Lusa, citada pelo Diário Digital.
Empunhando bandeiras e uma faixa com a frase “enfermeiros do CHLO a CIT [contrato individual de trabalho] exigem pagamento digno de horas nocturnas, feriados e fins de semana”, os enfermeiros gritavam palavras de ordem como “trabalho com dignidade, queremos horas de qualidade”, “paga o que deves” ou “CHLO, ladrões, queremos os nossos tostões”.
Isabel Barbosa, do Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP), disse à Lusa que “os enfermeiros com contrato individual de trabalho estão hoje [esta quinta-feira] em greve, com uma adesão de 88%, porque continuam a exigir o pagamento de horas de qualidade que foram trabalhadas entre 2008 e 2012”.

 

Fonte: Lusa/Diário Digital
http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=700693

Gostar
Seguir
google
Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo