Saúde e bem-estar

Portugueses entre os europeus com mais receio de acidentes e erros nos hospitais

Mais de sete em cada 10 portugueses (75%) consideram provável sofrer algum incidente adverso nos cuidados de saúde, no que consiste a terceira percentagem mais elevada da Europa, revela um Eurobarómetro divulgado a propósito de um balanço das medidas tomadas pelos estados-membros para reforçar a segurança dos doentes, avança o jornal i, citado pelo Diário Digital.

Portugal surge mesmo como o país onde a ideia de que é provável sofrer algum tipo de incidente adverso nos cuidados de saúde – como uma infecção hospitalar, um erro na medicação ou no tratamento – mais aumentou em relação aos resultados de 2009, estando apenas atrás do Chipre e da Grécia, escreve o jornal i.

Apesar dos receios de danos causados em contexto hospitalar, os portugueses estão entre os que experienciam menos incidentes adversos, acrescenta o i.

Na resposta ao inquérito, que decorreu entre Novembro e Dezembro de 2013, 14% dos portugueses inquiridos admitiram já ter tido algum problema, pessoalmente ou na família, quando a média europeia foi de 27%.

A análise europeia estima que 8% a 12% dos doentes admitidos em hospitais da União Europeia sofram algum tipo de complicação inesperada, resultando 25% dos incidentes adversos de infecções hospitalares. Só estas afectarão 4,1 milhões de europeus, provocando 37 mil mortes por ano, dados que não estão especificados por país, segundo o jornal.

Os resultados do Eurobarómetro, que repetiu um questionário realizado em 2009, mostram que os portugueses estão mais confiantes na qualidade dos cuidados de saúde prestados no país do que há quatro anos mas apenas cinco em cada dez considera que, no geral, a qualidade é boa – a média europeia é de 71%.

Mas em paralelo com o aumento da satisfação, parece ter aumentado o pessimismo, embora Portugal surja no panorama europeu como o quarto em que os inquiridos experienciaram menos incidentes adversos. Na Suécia, na Dinamarca e na Holanda a percentagem de inquiridos que disseram ter tido problemas ronda os 50%, quase quatro vezes mais.

Embora aparentemente ocorram menos vezes, o país surge depois como um daqueles em que as situações são menos reportadas pelos lesados. Só 20% dos portugueses que passaram por uma situação destas fizeram o seu reporte a algum tipo de instituição, quando na Europa quase cinco em cada dez o faz.

Publicidade

Fonte: i/ Diário Digital
http://diariodigital.sapo.pt/news.asp?id_news=710526

Este artigo é útil?

Sim Não
×

Como podemos melhorar?

×

Agradecemos o seu feedback!

A sua resposta irá servir para melhorarmos o conteúdo da PortalEnf!

Segue-nos nas redes sociais::

Facebook Pinterest
Looks like you have blocked notifications!

Pub

Portalenf Comunidade

Artigos e Notícias de Saúde e de Enfermagem

Artigos Relacionados

One Comment


  1. Não é nada de admirar esta notícia pois cada vez mais há menos profissionais de saúde nos serviços e isso também transmite insegurança às pessoas!!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo
Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Permainan judi slot online terbaik

Keuntungan Bermain Di Situs Judi Bola Terpercaya Resmi