Saúde e bem-estar

Proposta de código de ética já permite a médicos receber presentes

O ante-projecto de código de conduta ética dos serviços e organismos do Ministério da Saúde, publicado esta quinta-feira no Portal da Saúde, já permite aos médicos receber presentes “de cortesia” ou que “que tenham valor insignificante”. E deixa cair várias das proibições dos profissionais prestarem declarações públicas, designadamente à comunicação social, o que ficou conhecido como “a lei da rolha”, avança o Jornal de Notícias.

O documento, que segundo fonte oficial do Ministério da Saúde estará em discussão pública até ao dia 4 de Julho para ser posteriormente publicado e aplicado a todos os funcionários do Ministério, constitui um recuo face à versão inicialmente conhecida e que tem sido bastante contestada pela Ordem dos Médicos, sindicatos e partidos políticos.

O ponto 13 do código de ética, que agora é designado “dever de sigilo e confidencialidade e comunicação de irregularidades”, passa a ter uma nova redacção, deixando cair um dos pontos mais polémicos (a contestada “lei da rolha) e acrescentando duas novas alíneas, entre as quais que prevalecem as regras deontológicas das várias profissões e acrescenta que os colaboradores devem “utilizar os meios internos institucionais”, criados para o efeito para a comunicação de irregularidades.

Cai assim a anterior alínea b), bastante contestada, que impedia os colaboradores de emitirem declarações públicas, “por sua iniciativa ou mediante solicitação de terceiros, nomeadamente quando possam pôr em causa a imagem da instituição, em especial fazendo uso dos meios de comunicação social”.

A alínea a) também é abundantemente reformulada, passando a ler-se que “os colaboradores devem observar sigilo, em relação ao exterior, de toda a informação considerada reservada de que tenham conhecimento no exercício das suas funções, e em especial quando aquela seja de carácter confidencial” quando, no documento anterior, era abrangida “toda a informação, nomeadamente de factos e decisões (…) que, pela sua natureza, possa afectar ou colocar em causa qualquer interesse da instituição, em especial quando aquela seja de carácter confidencial”.

Outro dos pontos que é agora alterado, e que foi objecto de ridicularização no anterior documento, é o das “ofertas institucionais”. Na nova versão, apesar de se manter a proibição de oferecer, solicitar ou aceitar benefícios, dádivas, gratificações, presentes ou ofertas em virtude do exercício das suas funções, é aberta uma excepção: os profissionais podem receber ofertas “que se fundamentem numa mera relação de cortesia ou que tenham valor insignificante”.

Na versão anterior, lia-se que “todas as ofertas de bens recebidas em virtude das funções desempenhadas devem ser registadas, entregues à Secretaria-Geral do Ministério da Saúde, a qual deve manter um registo público e actualizado de todas as ofertas depositadas”, que seriam posteriormente entregues a instituições de carácter social.

Com a nova versão do documento, agora publicada, o ministro da Saúde, Paulo Macedo, tenta assim eliminar os principais pontos da discórdia em relação a este código de ética e recua numa das razões que motivou a greve dos médicos, decidida pela Federação Nacional dos Médicos (FNAM), e agendada para os dias 8 e 9 de Julho.

Publicidade

Ontem, no Parlamento, Paulo Macedo tinha garantido que seriam retiradas do documento todas as expressões que pudessem apontar para limitações à liberdade de expressão dos profissionais de saúde, garantindo que nunca houve qualquer intenção de censura.

Fonte: Jornal de Notícias
http://www.jn.pt/PaginaInicial/Sociedade/Saude/Interior.aspx?content_id=…

Looks like you have blocked notifications!

Pub

wolfspell

Administrador da PortalEnf e apaixonado pela Enfermagem. Queres ser Editor da PortalEnf e publicar artigos e notícias? Contata-nos!

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo
Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Permainan judi slot online terbaik

Keuntungan Bermain Di Situs Judi Bola Terpercaya Resmi