A matemática matou o meu avô… (*)

0 244

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

“Num Congresso Internacional de Enfermagem, que decorreu há pouco tempo no nosso País, um reputado Investigador em Enfermagem apresentou os dados preliminares de um dos seus estudos. Ao avaliar os cuidados prestados por enfermeiros e os resultados na saúde e bem-estar dos utentes internados, chegou a uma verdade possivelmente “comum”, mas igualmente avassaladora:

 

Imaginemos um Serviço de Internamento de um qualquer hospital do País. Se esse Serviço tiver 30 doentes, 70% dos quais com mais de 70 anos e com cerca de 10 doentes totalmente dependentes na satisfação das suas necessidades básicas (alimentar-se, mover-se ou eliminar urina e fezes) e apenas dois enfermeiros durante um turno da noite, sabemos que:

 

– Esses 10 utentes necessitam de ser mobilizados, no mínimo, 3 vezes (para prevenir escaras, melhorar a função circulatória e respiratória, diminuir o desconforto e por aí adiante)

– Cada mobilização demora, em média, cerca de 15 minutos

– O total de tempo MINIMAMENTE necessário para somente UM CUIDADO VITAL é de 7 horas e meia

– 7 horas e meia é a quase totalidade do turno de um dos enfermeiros.

Só que durante o turno da noite os doentes necessitam de mais cuidados: alguns têm de ser aspirados, outros têm de ser auxiliados no levante para ir ao WC no mínimo duas vezes, existe medicação que pode ser administrada  em vários horários, a esses mesmos 30 doentes.

 

Então pense: se dois enfermeiros, só para mobilizar doentes numa frequência minimamente segura, consomem o tempo do turno de um desses enfermeiros, como poderá alguém pensar que dois enfermeiros conseguem cuidar de 30 doentes numa noite, com as condições mínimas de qualidade e segurança???? Sim, é HUMANAMENTE IMPOSSÍVEL.

 

Só mais um dado: se um desses utentes desenvolver uma úlcera de pressão, poderá ficar internado MAIS 4 DIAS ALÉM DO PREVISTO. Sendo que cada dia custa 400€ ao hospital, 4 dias custarão 1600€, o salário de quase DOIS enfermeiros naquele mês…

Neste País há quem não faça as contas e, sobretudo, quem não as queira fazer.

 

E no final de contas, a “matemática” poderá lesionar gravemente ou até matar um familiar seu, ou mesmo você… Pense seriamente nisto!”

 

(*) Encontre mais reflexões sobre coisas tão importantes como a sua Saúde, os contributos dos Enfermeiros e como dar voz às suas ideias no Livro “Se a Enfermagem Falasse…”, disponível em www.comunicarenfermagem.com/publicacoes.html e em www.facebook.com/seaenfermagemfalasse

Este artigo surge da colaboração entre a Comunidade de Saúde PortalEnf e o Livro “Se a Enfermagem Falasse…” cujo intuito é estimular a reflexão dos colegas sobre temas indispensáveis ao desenvolvimento da profissão e ao fortalecimento dos cuidados que prestamos diariamente aos utentes!

Visite  o Livro “Se a Enfermagem Falasse…” no facebook em www.facebook.com/seaenfermagemfalasse

Veja imagens do Livro “Se a Enfermagem Falasse…”

 

Gostou? Partilhe…

 

Gostar
Seguir
google

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina a nossa Newsletter e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo