Homossexuais impedidos de doar sangue

Marcha gay, lesbica, homossexual e transsexual na Avenida da Liberdade ©Rodrigo Cabrita
1 70

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Os homossexuais portugueses, do sexo masculino, não podem ser dadores de sangue. Esta política foi assumida em documento enviado à presidência do Conselho de Ministros pelo Ministério da Saúde, que alega a necessidade de eliminar dadores com comportamentos de risco.

O presidente do Instituto Português de Sangue, Gabriel Olim, fez saber que “ser homossexual é um comportamento de risco”, mas não se trata de uma atitude de discriminação relativamente à orientação sexual.

A resposta do Ministério da Saúde deixou o deputado do Bloco de Esquerda, João Semedo – que havia levantado a questão – espantado e indignado, sublinhando que se trata de uma situação «inadmissível».

O deputado do BE já anteriormente tinha sido confrontado com a queixa de uma lésbica por ter sido impedida de doar sangue. João Semedo disse também não entender a diferença de tratamento entre homossexuais masculinos e femininos.

Em declarações à TSF, o director do Instituto Português de Sangue admite que os homens que forem homossexuais são logo afastados de potenciais dadores, sem que seja feita qualquer avaliação do comportamento de risco que possam ter.

De acordo com Gabriel Olim, ser homossexual já é um comportamento de risco.

Fonte: Diário de Notícias e TSF

Gostar
Seguir
google

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina a nossa Newsletter e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo