Superbactérias da Antárctica podem ser antibióticos no futuro?

0 29

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Cientistas chilenos identificaram mais de 200 bactérias com aplicação em medicina e revelar-se uma chave para travar a crescente resistência aos antibióticos.

Um grupo de cientistas chilenos está a estudar superbactérias extraídas da Antárctica que, pela sua resistência a condições extremas, poderão ser uma chave para travar a crescente resistência aos antibióticos. 

Após analisar 80 amostras de solo da região, extraídas em duas viagens, em 2014 e 2015, foram identificadas mais de 200 bactérias de espécies como Pseudomonas e Staphylococcus, que têm “um amplo potencial de aplicação em medicina”, explica Maria Soledad Pavlov, doutorada em biotecnologia da Universidade Católica de Valparaíso, citada pelo canal Globo. 

Os organismos que “geram estratégias para competir e sobreviver” ao clima extremo do continente branco seriam a chave para a criação de “antibióticos que tenham capacidades antimicrobianas diferentes das actuais”, o que permitiria quebrar a actual resistência de algumas bactérias. 

“Estamos a tentar gerar um produto biotecnológico interessante a partir destas bactérias antárticas, que possam suprir esta falta severa de antibióticos”, confirmou Pavlov. 

De acordo com o estudo, o uso excessivo de antibióticos provocou o aparecimento de bactérias muito resistentes e difíceis de controlar com os actuais medicamentos ou antibióticos convencionais. 

A pesquisa chilena, desenvolvida com o apoio do Instituto Antárctico Chileno (INACH), recolheu amostras no arquipélago das Shetland do Sul e em sectores continentais da Antárctica, próximos às bases chilenas. 

Na etapa inicial do trabalho, Pavlov advertiu que seriam necessários 10 a 15 anos mais de estudos para poder usar o composto gerado em medicina humana, enquanto que, para utilizá-lo em agricultura, o tempo diminui e seriam suficientes mais cinco anos de laboratório.

Fonte: Renascença

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina aqui a nossa Newsletter e recebe todas as novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinar. Vais receber um mail... verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo