Diabetes: nova causa?

Fonte de imagem: Pixabay
0 21

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Os tecidos exócrinos do pâncreas podem ser um alvo promissor para o tratamento da diabetes, sugere um novo estudo publicado na revista “Scientific Reports”.

A diabetes é uma doença que pode ser desencadeada quando as células produtoras de insulina, encontradas no tecido endócrino do pâncreas, produzem quantidades insuficientes de insulina ou quando as células não são capazes de utilizar esta hormona eficazmente.

No entanto, o novo estudo realizado pelos investigadores da Universidade de Kyoto, no Japão, sugere que o tecido exócrino do pâncreas pode ter um papel importante no tratamento desta doença.

“O pâncreas é constituído por dois tecidos que são estruturalmente e funcionalmente distintos, o que o torna único”, revelou, em comunicado de imprensa, um dos autores do estudo, Yoshiya Kawaguchi.

Apesar de os tecidos exócrinos e endócrinos funcionarem independentemente no pâncreas maduro, são formados ao mesmo tempo, durante o desenvolvimento do pâncreas. Assim neste estudo os investigadores exploraram se o tecido exócrino doente poderia causar deficiências na produção de células endócrinas. De forma a investigar esta possibilidade, os investigadores criaram ratinhos que não expressavam o gene Pdx1, que está apenas presente no tecido exócrino do pâncreas.

Os investigadores verificaram que os ratinhos tinham pâncreas subdesenvolvidos, mas também apresentavam um fenótipo de diabetes, nomeadamente níveis de insulina baixos, o que sugere que o desenvolvimento endócrino também tinha sido afetado. No entanto, o que chamou a atenção dos investigadores foram as células que tinham sofrido alterações. As células progenitoras endócrinas que não tinham a mutação também apresentaram uma baixa sobrevivência.

Estes resultados sugerem efeitos autónomos não-celulares, que descreve o fenómeno em que as células com defeitos genéticos podem causar mau funcionamento nas células vizinhas geneticamente saudáveis, podendo ter implicações importantes no tratamento da diabetes.

“Esta é uma descoberta animadora. Isto significa que as células exócrinas secretam algo que promove a diferenciação e sobrevivência das células endócrinas durante o desenvolvimento”, revelou, em comunicado de imprensa, Yoshiya Kawaguchi.

Na opinião do investigador esta substância pode conduzir a tratamentos promissores para a diabetes.

Fonte: Bancodasaúde

Gostar
Seguir
google

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina a nossa Newsletter e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo