O que acontece se beber apenas refrigerantes?

0 12

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

As bebidas açucaradas podem ser um verdadeiro ‘veneno’ para o cérebro e corpo.

Os refrigerantes fazem parte da alimentação de muitas pessoas e, em alguns casos, são mesmo das poucas bebidas ingeridas diariamente. Mas, em que medida estas bebidas açucaradas fazem mal?

Como mostra o vídeo abaixo, do AsapSCIENCE, o consumo regular destas bebidas tem um impacto significativo na saúde.

Assim que se dá o primeiro gole, os ácidos presentes nestas bebidas (e que são responsáveis pelo gás, pelo sabor e pela cor) atingem e danificam os dentes. A quantidade de açúcar existente nos refrigerantes (cerca de 46 gramas por dose) – e o facto de nem sempre se lavarem os dentes depois de beber – faz com que o risco de ter cáries aumente a olhos vistos.

Mas é também ao primeiro gole que os sensores cerebrais responsáveis pela sensação de recompensa e prazer ficam ativos, o que faz com que a pessoa deseje mais bebidas açucaradas.

Mas, o que aconteceria se uma pessoa substituísse a dose diária recomendada de água por refrigerantes? Nada mais, nada menos do que 5.432 calorias extra – e umas gorduras e quilos a mais, até porque o consumo destas bebidas ‘apela’ à ingestão de mais comida, em especial de alimentos calóricos e menos saudáveis, como a fast food.

O consumo regular (e exagerado) destas bebidas aumenta a quantidade de gordura em torno dos órgãos, o que aumenta o risco de doenças cardiovasculares, Diabetes e obesidade.

Consumir dois litros de refrigerantes diariamente pode causar arritmia, desmaios e níveis demasiado baixos de potássio.

Fonte: Banco da Saúde

Gostar
Seguir
google

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina a nossa Newsletter e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo