Como cuidar do umbigo do bebé

Fonte de imagem: danonebaby
0 35

Os cuidados a ter com o cordão umbilical e os sinais de alarme que requerem observação médica.

Após o corte do cordão umbilical inicia-se um processo de desidratação que leva à mumificação do coto umbilical. Com o passar dos dias, este torna-se mais endurecido, seco e escuro, até que, por fim, se separa do umbigo. Esta queda ocorre espontaneamente e não deve ser forçada. A queda do coto umbilical ocorre geralmente na primeira semana de vida mas pode demorar até à terceira semana.

Cuidados de higiene

A higiene do coto umbilical e região periumbilical é muito importante, pois previne o desenvolvimento de infeções, devendo ser diária e cuidada. “Limpo” e “seco” são as palavras-chave para uma boa higiene.

Este procedimento não é doloroso nem desconfortável para o bebé, pois no coto umbilical não existem terminações nervosas.

Limpeza

Quando fazer? Durante o banho do bebé, sempre que se observe que está sujo (com fezes ou urina) e sempre que for necessário.

O que usar? Água tépida com sabão suave, não perfumado, e com pH neutro. A utilização de antissépticos (por exemplo, álcool etílico 70%) ou antibióticos não melhora a higiene e atrasa a queda do cordão umbilical.

Como fazer? Antes e depois da limpeza deve fazer uma lavagem correta das suas mãos com água e sabão. Para a limpeza deve elevar o coto umbilical com uma das mãos, segurando-o com uma compressa, e com a outra mão limpar o coto, a sua base de inserção e região periumbilical, utilizando uma compressa seca.

Secagem

  • O coto umbilical deve permanecer sempre seco!
  • Deve secá-lo bem no sentido da base para a periferia, após o banho ou limpeza, usando uma compressa de preferência esterilizada ou uma toalha limpa.
  • Pela mesma razão, não deve colocar emolientes (hidratantes) no coto umbilical nem na sua base de inserção.
  • Por fim, o cordão umbilical não deve ser abafado com faixas ou pensos fechados e a fralda deve ser apertada abaixo deste para permitir o arejamento daquela região. Assim, deve ser mantido exposto ao ar ou estar livremente coberto com roupas limpas.
  • Os cuidados de higiene do cordão devem ser mantidos por mais 3 a 5 dias após este ter caído, visto que o tecido umbilical ainda está em cicatrização.

Sinais de alarme

Deverá vigiar a evolução da cicatrização e estar atento aos seguintes sinais de alarme:

  • Presença de zona “avermelhada” em redor do umbigo;
  • Odor desagradável;
  • Corrimento;
  • Sangramento (pequenas quantidades de sangue na fralda ou compressa durante a mumificação e dois ou três dias após a queda do coto umbilical são normais e não constituem um sinal de alarme).

Atenção!

Na presença destes sinais de alarme deve procurar de imediato cuidados médicos.

Fonte: Banco da Saúde

Gostar
Seguir
google
Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo