Por que temos febre e quando é motivo para alarme

0 55

A temperatura do corpo humano tende a manter-se constante, entre os 36ºC e os 37ºC.

Alterações inesperadas podem indicar uma infeção ou até alterações mais graves no organismo, como a presença de algum tumor. É por isso que deve estar atento à febre.

Paulo Olzon Monteiro da Silva, infecciologista e médico da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), explica ao site Terra que a febre – quando a temperatura corporal está acima dos 36/37ºC – ocorre quando o hipotálamo, parte do cérebro responsável por regular esta temperatura, entra em contacto com determinadas proteínas ou partículas.

De acordo com o especialista, a febre costuma ser desencadeada por vírus, bactérias, fungos e protozoários presentes no organismo. Estes liberam as partículas e proteínas que, em contacto com o hipotálamo, desregulam a temperatura do corpo.

Mas há outras causas possíveis. Segundo Silva, tumores e glóbulos brancos também podem ter uma relação direta com a alteração da temperatura corporal, assim como doenças reumáticas. “Até o uso de alguns remédios pode causar febre”, acrescenta o médico. Ele ressalta que, eventualmente, os problemas emocionais podem dar origem a febre baixa.

O mais importante é estar atento às causas do problema. “A febre, por si só, dificilmente causa problemas. Mas é indicativa de alguma doença – e esta sim deve ser investigada”, salienta o infectologista.

A febre torna-se um sintoma preocupante quando o problema que está por trás desta não é tratado e há uma predisposição do paciente para complicações. “Quando muito elevada, pode até provocar convulsões”, explica o especialista.

Perante um episódio de febre, a melhor alternativa é procurar um médico para detetar as causas do sintoma.

Ainda assim, como o próprio corpo se encarrega de aumentar a produção de anticorpos perante uma febre, não há necessidade de a tentar baixar. Mas se a pessoa se sentir muito mal, tomar banhos mornos e medicamentos antitérmicos são alternativas para atenuar o incómodo.

Fonte: Banco da Saúde

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina aqui a nossa Newsletter e recebe todas as novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinar. Vais receber um mail... verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo