Talas feitas em impressoras 3D substituem gesso

0 295

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

A forma atual de recuperar ossos partidos pode ter os dias contados. Um estudante universitário criou talas que podem ser feitas numa impressora 3D e que acompanham o contorno do membro partido.

«Embrulhar o braço em dois quilos de um material desajeitado, que em breve cheira mal e dá comichões pareceu-me algo arcaico», explica Jake Evill. O estudante da Nova Zelândia deu largas à imaginação e criou uma forma de envolver o braço ou a perna partidos num material semelhante a uma rede, que acompanha os contornos da área lesionada, noticia a Wired.

As grandes vantagens desta solução são que o exoesqueleto localizado é lavável, ventilado, leve e reciclável.

O Cortex Cast só pode ser construído após alguns exames e análises. O paciente tem de ser sujeito a raios-X para detetar a quebra ou fratura. Depois, um computador determina a forma do membro do doente e replica-a para ser impressa. O material usado é propositadamente mais denso na zona da lesão, para ser mais fixo. O projeto de Evill foi realizado com um scanner 3D alterado proveniente de um Xbox Kinect, mas de futuro terá de ser usado um método um pouco menos “artesanal”.

A proposta de Jave Evill ainda não passou de um protótipo, mas quem sabe se no futuro próximo está não será a melhor forma de curar um braço ou um pé partidos.

Veja o vídeo

Fonte: exameinformatica

Gostar
Seguir
google

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina a nossa Newsletter e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo