Cruz Vermelha e Crescente Vermelho apelam à formação em primeiros socorros das crianças em todo o mundo

0 115

No Dia Mundial dos Primeiros Socorros, que se assinala este sábado, a Federação Internacional das Sociedades da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho (FICV) apela à formação em primeiros socorros de todas as crianças e insta os Governos e Ministérios da Educação a tornarem obrigatória a formação em primeiros socorros nos currículos escolares.

«As crianças são particularmente suscetíveis a acidentes na sua vida quotidiana e encontram-se especialmente em risco em caso de emergências graves, como catástrofes naturais, conflitos e epidemias», refere a Princesa Charlene do Mónaco, Embaixadora da Boa Vontade da FICV em 2016 para os primeiros socorros. «Capacitar jovens como prestadores de primeiros socorros não irá apenas salvar vidas. Isso irá prepará-los para um futuro em que possam ser cidadãos activos e responsáveis nas suas comunidades locais», acrescenta.

Cerca de um milhão de crianças morrem anualmente fruto de lesões tratáveis e mais alguns milhões são hospitalizadas em consequência de acidentes como afogamento, acidentes de automóvel, quedas e queimaduras.

«As crianças são capazes de salvar a sua própria vida e de outros ao seu redor, se estiverem capacitados com a formação em primeiros socorros», refere a embaixadora da Boa Vontade da FIVC

A FICV também está a apelar às autoridades para garantir que os pais e outros adultos que estão em contacto regular e próximo com as crianças sejam formados em primeiros socorros. «O nosso objetivo é garantir que as comunidades em todos os locais estão preparadas para reagir de forma eficaz em tempos de crise e prover tantas pessoas quanto possível com as competências que ajudam a salvar vidas, independentemente da sua idade», disse Elhadj As Sy, secretário-geral da FICV. «Sabemos que os espectadores são muitas vezes os primeiros a entrar em cena quando as emergências ocorrem e são a primeira ajuda fundamental na cadeia de salvar vidas e aliviar o sofrimento.»

As Sociedades Nacionais da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho são os líderes em formação de primeiros socorros há mais de 100 anos. Mais de 46 milhões de pessoas por ano recebem desta organização assistência em primeiros socorros. Em 2014, 180.000 voluntários e colaboradores da Cruz Vermelha e do Crescente Vermelho em 116 países formaram 15 milhões de pessoas em primeiros socorros. Atualmente, 76 Sociedades Nacionais oferecem cursos de primeiros socorros concebidos especificamente para crianças.

«Acreditamos que pelo menos uma pessoa em cada casa em todo o mundo deve ter treino em primeiros socorros», disse Sy. «Quando as pessoas comuns sabem o que fazer em situações de emergência diárias e têm a confiança para usar as suas habilidades, estas tornam-se heróis diários.»

A Cruz Vermelha Portuguesa é pioneira na formação em Socorrismo em Portugal e a sua oferta é diversificada, com certificação nacional e internacional, adaptadas às necessidades da população em geral e das empresas.

Segundo Teresa Cardoso, diretora da Escola de Socorrismo da Cruz Vermelha, concorda com os objetivos da FICV e acrescenta que «as crianças aprendem mais rapidamente durante os primeiros anos do que em qualquer outro momento da vida. Prover educação de primeiros socorros nestas idades vai contribuir para a construção da sua base de conhecimento com capacidades que podem ser recordadas mais tarde e quando for necessário, ajudando a salvar vidas»

Fonte: Diário Digital

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina aqui a nossa Newsletter e recebe todas as novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinar. Vais receber um mail... verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo