A AAM alerta que o setor de saúde é o principal alvo de crimes cibernéticos

0 11

A Associação Médica Mundial está pedindo aos médicos que sejam “guardiães da segurança dos pacientes e da confidencialidade dos dados” e que “permaneçam atentos ao desafio singular que ataques cibernéticos podem representar para a sua capacidade de exercer sua profissão”.

Na 67ª Assembleia Médica Mundial em Taiwan, a associação pediu aos profissionais de saúde que tomassem todas as medidas necessárias para proteger os dados dos pacientes e sua segurança. Especialistas disseram que, apesar do aumento nas ameaças cibernéticas à segurança, muitas organizações de saúde carecem de recursos financeiros, habilidades ou disposição necessárias para prevenir os ataques cibernéticos.

O prof. Frank Ulrich Montgomery, vice-presidente da AAM, disse ser vital aumentar a conscientização sobre as ameaças ao setor e orientar médicos sobre como podem proteger as informações.
“Instituições de assistência à saúde, do menor consultório particular aos maiores hospitais, estão vulneráveis aos ataques cibernéticos. Além de acessar contas bancárias e prescrições ilegalmente, os criminosos podem alterar dados dos pacientes ou interferir em procedimentos médicos em andamento – ambos com consequências potencialmente fatais”.

A AMM deseja que as instituições médicas introduzam um sistema abrangente para prevenir falhas na segurança, incluindo o treinamento da equipe em práticas de manuseio de dados.

Fonte: Univadis

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina aqui a nossa Newsletter e recebe todas as novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinar. Vais receber um mail... verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo