EXAME DE SANGUE: QUANDO FAZER, CUIDADOS E OBSERVAÇÕES

0 3.294

O QUE É EXAME DE SANGUE?

O exame de sangue é uma análise laboratorial realizada através de uma amostra de sangue que é extraída geralmente, a partir de uma veia do braço, utilizando uma agulha. Estes exames são, normalmente, utilizados nos cuidados de saúde para determinar estados fisiológicos e bioquímicos, como uma doença, o conteúdo mineral, a eficácia da droga farmacêutica e a função dos órgãos. Os exames de sangue são muito comuns.

 

 

Ao fazer exames de sangue, o médico pode recomendar exames de sangue para ver como seu corpo está funcionando. Os laboratórios incluem um painel metabólico básico ou umhemograma completo. Os resultados podem ajudar a detectar problemas de saúde nos estágios iniciais ou quando determinadas alterações do organismo já estão avançadas. Este teste costuma ser usado também para detectar abuso de álcool e drogas.

De acordo com Instituto Nacional do Coração, Pulmão e Sangue dos Estados Unidos, os médicos não podem diagnosticar doenças e problemas somente com o exame de sangue. O seu médico pode considerar outros fatores para confirmar o diagnóstico, como sinais e sintomas, seu histórico médico, sinais vitais (pressão arterial, respiração, pulso e temperatura) e os resultados de outros exames e procedimentos. Estes exames têm poucos riscos para quem faz. Normalmente, é um processo simples. A maioria das pessoas não tem reações graves para ter o sangue coletado. Dependendo do profissional que colhe o sangue, ou da sensibilidade do paciente, pode ocorrer algum hematoma, e normalmente desaparece ao longo dos próximos dias.

Um dos maiores sites sobre saúde do Reino Unido, o NHS Choices explica que o braço é uma parte conveniente do corpo para colher o exame, porque ele pode ser facilmente descoberto. Amostras de sangue de crianças são frequentemente tomadas a partir do dorso da mão. Sua pele pode ser anestesiada com um spray ou creme especial antes da coleta da amostra. A faixa apertada (torniquete) é normalmente colocada em torno de seu braço. Esta, aperta o local temporariamente para diminuir o fluxo de sangue e faz com que a veia aumente. Isso facilita a retirada do líquido.

Antes de coletar a amostra, médicos ou enfermeiros podem limpar a área da pele com umantisséptico. Depois disso, uma agulha ligada a uma seringa ou recipiente especial é inserida na veia. Você pode sentir um leve formigamento e sensação de coceira ou ardor quando a agulha entra, mas o processo não deve ser doloroso. Se você não gosta de agulhas e sangue, informe o profissional de saúde para que ele possa torná-lo mais confortável em caso de se sentir fraco, ter tonturas ou chegar a desmaiar.

Após a amostra de sangue ser colhida, ela será colocada em um pequeno recipiente e rotulada com seu nome, a partir daí então, será enviada para um laboratório onde será examinada ao microscópio ou testada com produtos químicos, dependendo do que está sendo verificado. Os resultados costumam ficar prontos no mesmo dia ou alguns dias mais tarde, ou dependendo do exame, até semanas.

QUANDO FAZER O EXAME DE SANGUE?

Os exames de sangue tem uma ampla gama de usos, além de ser um dos tipos mais comuns de teste médico. Por exemplo, um teste de sangue pode ser usado para:

  • avaliar o seu estado geral de saúde;
  • verificar se você possui alguma infecção;
  • verificar se seus órgãos, como o fígado e os rins, estão trabalhando normalmente;
  • ajuda a detectar determinadas condições genéticas (tipo de sangue e etc).

Os exames de sangue só levam alguns minutos para serem concluídos e costumam ser realizados em clínicas ou hospitais locais por um médico, enfermeiro ou um especialista em tirar amostras de sangue. É importante pedir ao seu médico para realizar o exame anualmente, mesmo que não apresente quaisquer sintomas suspeitos. Pois este tipo de exame irá garantir que não esteja acontecendo nada (de forma silenciosa) em seu organismo.

Em casos de idosos ou pacientes com doenças crônicas, como diabetes e hipertensão, o ideal é que o exame de sangue seja feito a cada seis meses.

TIPOS DE EXAMES DE SANGUE

O exame de sangue pode verificar vários aspectos da sua saúde. O seu médico deve discutir com você e aconselhá-lo caso algum resultado esteja fora do valor desejável. É importante informar que os resultados podem variar de acordo com alguns fatores como sua idade, sexo e outros. Níveis de estresse horas antes de retirar o sangue também podem interferir nos resultados. *Saiba mais em cuidados e observações.

Os tipos de exames de sangue podem ser: VHS, CPK, TSH, PCR, PSA e para o fígado.Entenda abaixo para que serve cada um deles.

Exame de sangue VHS

O VHS é um dos exames mais utilizados por reumatologistas em casos de inflamações.Segundo os dados do grupo de Andrologia, os valores de referência do VHS são diferentes para homens e mulheres. Para homens, após uma hora deve ser de até 8mm e, após duas horas, até 20mm. Já para as mulheres, após uma hora os valores de VHS devem ser de até 10mm e após duas horas de até 25mm. Quando se tratar de crianças, esses valores devem estar entre 3 e 13mm por hora. Uma observação importante é que o aumento de idade ocasiona também o aumento de VHS em pessoas normais.

Exame de sangue CPK

A maior utilização do exame de dosagem da CPK está no diagnóstico das lesões e doenças da musculatura esquelética e no infarto agudo do miocárdio (ataque cardíaco). Normalmente é solicitado por um cardiologista. O exame de sangue CPK tem valor de referência entre 32 e 294 U/L em homens e 33 a 211 U/L em mulheres.

Exame de sangue TSH – T3 e T4

As duas principais alterações da glândula tireoide (ou tiroide), o hipotireoidismo e o hipertireoidismo, são diagnosticadas através deste exame. Apresenta valor de referência entre 0,4 a 4,5 mU/L. Este exame pode ser solicitado por vários médicos, porém com maior frequência, por um endocrinologista.

Exame de sangue PCR

O valor de referência do exame de sangue PCR está entre 0,25 e 0,50 mg/dL. O exame é capaz de apontar precocemente a existência de algumas inflamações, infecções, neoplasias, doenças reumáticas, traumatismos e também o Zika Vírus.

Exame de sangue PSA

Conforme o Instituto Oncoguia, o Antígeno Prostático Específico (PSA) é uma substância produzida pelas células da glândula prostática. É encontrada principalmente no sêmen, mas existe uma pequena quantidade no sangue. A maioria dos homens saudáveis têm níveis menores de 4 ng/ml. A chance de um homem desenvolver câncer de próstata aumenta proporcionalmente com o aumento do nível do PSA.

Exame de sangue para o fígado

Os valores normais para o exame de fígado TGO é de 5 a 40 unidades por litro de soro (a parte líquida do sangue). Para TGP é de 7 a 56 unidades por litro de soro. A interpretação dos níveis altos de TGO e TGP depende do quadro clínico do paciente, e é melhor que isto seja determinado por um hepatologista.

Outros tipos de exames também podem ser realizados através do exame de sangue. Alguns exemplos que podem ser exigidos por um médico:

Hemograma completo: serve para avaliar os glóbulos brancos e vermelhos do sangue, sendo útil para o diagnóstico da anemia, por exemplo.

Publicidade

Colesterol: serve para avaliar o HDL, LDL e o VLDL, relacionando com o risco de doença cardiovascular.

Ureia e creatinina: serve para avaliar o grau do comprometimento dos rins.

Glicose: serve para diagnosticar o diabetes.

Ácido úrico: serve para avaliar o funcionamento dos rins, mas deve ser associado a outros exames.

Albumina: serve para ajudar a medir o estado nutricional do indivíduo.

Beta hCG: é o exame de sangue utilizado para verificar a existência da gravidez, que pode ser confirmada mesmo antes do atraso da menstruação.

QUAIS DOENÇAS SÃO DIAGNOSTICADAS ATRAVÉS DOS EXAMES DE SANGUE?

Os tipos de exames acima podem diagnosticar diversas doenças, tais como Aids, hepatite C e alterações na próstata, entre outras. Cerca de 500 milhões de pessoas no mundo possuem Hepatite B e C, mas somente 5% desse total sabem que possuem a doença, segundo o Fundo Mundial para a Hepatite da Organização das Nações Unidas.

Outro exame de sangue comum é o painel metabólico básico para verificar o seu coração, função renal e hepática, observando os seus níveis de glicose no sangue, cálcio e eletrólitos. E para verificar se há risco de doença cardíaca, é feito um painel de lipoproteína que mede os níveis de gorduras no sangue, como colesterol bom (HDL), colesterol ruim (LDL) e triglicérides.

As alterações que podem levar ao câncer de próstata também são detectadas no exame de PSA, mas apesar de ajudar a descobrir a doença, outros tipos de exames, como o toque retal, devem ser levados em conta e solicitados pelo médico. Disfunções da tireoide e anemias também são descobertos pelo exame de sangue. Somente através da coleta, o médico pode fazer uma avaliação geral de sua saúde, e ajudar a evitar futuras complicações.

CUIDADOS E OBSERVAÇÕES

Muitos exames de sangue não requerem nenhuma preparação especial. Para alguns, pode ser necessário jejuar (não consumir qualquer alimento) de 8 a 12 horas antes do exame. Tudo vai depender da recomendação do seu médico que irá informá-lo como proceder. Por exemplo, dependendo do tipo de exame de sangue, você pode ser solicitado a:

  • Ficar em jejum, ou seja, evitar comer ou beber qualquer alimento ou líquido por até 12 horas;
  • Parar de tomar um determinado medicamento ou passar a tomar;
  • Sentar por alguns minutos antes de retirar o sangue;
  • Não ingerir álcool ou fumar horas antes do exame.

É importante seguir as instruções recomendadas, pois do contrário, podem ocorrer alterações nos resultados do teste e talvez você tenha que fazê-lo novamente. Às vezes, os resultados dos exames podem ser estressantes e preocupantes. Caso esteja preocupado com o resultado, ter um amigo por perto pode ser uma boa opção. Para alguns testes, como o HIV, você terá aconselhamento especializado para ajudá-lo a lidar com a situação. 

Os resultados anormais podem ser um sinal de um distúrbio ou doença. Outros fatores, tais como dieta, ciclo menstrual, nível de atividade física, consumo de álcool e medicamentos (prescrição e de balcão), também podem causar resultados anormais. O seu médico deve discutir todos os resultados dos testes de sangue incomuns ou anormais com você. Estes resultados podem ou não sugerir um problema de saúde.

DÚVIDAS E PERGUNTAS FREQUENTES

Os remédios podem interferir no exame de sangue?

Alguns, sim. Os antibióticos e os anti-inflamatórios costumam interferir nos testes de coagulação do sangue, normalmente solicitados em pré-operatórios. Portanto, quaisquer que sejam os remédios que esteja tomando, avise o atendente antes do exame. Caso um deles interfira, você terá que conversar com o seu médico sobre a possibilidade de suspendê-lo por alguns dias. Se a interrupção não for possível, esse dado terá que ser levado em conta na avaliação do resultado.

Posso fumar antes de realizar o exame de sangue?

De jeito nenhum! Se forem testes de agregação plaquetária, curva glicêmica ou exame ergométrico, é importante ficar algumas horas sem o cigarro. O ideal é não fumar no dia do exame.

Pode fazer exame de sangue com resfriado, febre ou gripe?

Sim. Alguns exames, aliás, são solicitados justamente porque a pessoa está com febre. A intenção é verificar se existe alguma infecção que está causando a febre. Porém, em outras circunstâncias, a doença responsável pela febre pode interferir nos exames. Por cautela, consulte o seu médico ou o laboratório antes de fazer o exame e informe que está com gripe ou resfriado.

Mulheres na época menstrual podem fazer o exame de sangue?

Sim, qualquer um deles. Porém, é preciso saber que muitos hormônios e algumas proteínas variam durante o ciclo menstrual. Portanto, é fundamental que o médico saiba em que período do ciclo o seu exame foi realizado.

[pro_ad_display_adzone id=”14962″]

Posso beber água antes de fazer o exame de sangue?

Os excessos do líquido podem interferir nos exames de urina. Se seu exame envolve algum tipo de anestésico, você não poderá beber água, caso não envolva convém tomá-la com moderação.

Por que quando se tira exame de sangue, às vezes, o local fica roxo?

Isto chama-se hematoma: extravasamento de sangue para fora da veia. Ele pode ocorrer em determinadas situações, tais como: veias finas, delicadas, com muita pressão; falta de boa compressão no local da punção ou se o paciente está usando algum medicamento que altera a coagulação do sangue, como por exemplo, a aspirina.

Fonte: hippodrs.com.br

Classifica este artigo
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem classificações ainda)
Loading...
  

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina aqui a nossa Newsletter e recebe todas as novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinar. Vais receber um mail... verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

O melhor da PortalEnf...

Assina e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

O melhor da PortalEnf...

Assina e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Partilha isto com um amigo