Portugal é um dos países da UE com menos enfermeiros

0 18

Portugal é o terceiro país da União Europeia (UE) com mais clínicos, com um rácio da 4,4 por cada 1.000 habitantes, mas é o 10º país com rácio mais baixo de enfermeiros: 6,1. Os dados são do relatório “Health at a Glance: Europe 2016”, apresentado esta semana em Bruxelas, pelo secretário-geral da OCDE, Angel Gurría, e pelo comissário europeu da Saúde e Segurança Alimentar, Vytenis Andriukaitis.

 

No que concerne à enfermagem, a média europeia é de 8,4 profissionais para cada 1.000 habitantes. Portugal, apesar de ter melhorados este valor nos últimos anos, mantém um rácio baixo, de 6,1. De acordo com o relatório, os países com melhor rácio em enfermagem são a Dinamarca (16,6), Finlândia (14,1) e Alemanha (13,1). Em oposição, no fim da lista, com o pior valor, está a Grácia, com um rácio de 3,2.

 

Quanto ao rácio de clínicos, o nosso país apresenta um valor superior ao rácio médio dos 28 Estados-membros da UE, que é de 3,5. Os valores mais elevados foram verificados na Grécia (6,3 clínicos por cada 1.000 habitantes) e na Áustria (5,1).

 

O relatório alerta ainda para a desproporção no rácio enfermeiros/médicos, com Portugal a apresenta um rácio de 1,4 enfermeiros para cada médico, representando o terceiro pior valor no conjunto de países da UE. Na Finlândia, por exemplo, este rácio é de 4,7. No nosso país, esta é uma situação que dificilmente será invertida nos próximos anos, já que têm sido formados cada vez mais médicos: em 2000 saíram das universidades 600 clínicos, em 2014 foram 1.500.

Fonte: Jornal Enfermeiro

Gostar
Seguir
google
Loading...
Ajuda a tua Comunidade PortalEnf

Com um pequeno donativo estarás a ajudar a tua Comunidade a permanecer Online.

Aproveita e segue-nos nas redes sociais
Dá o teu Contributo!
close-link
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo