Entrevista para seleção de enfermeiros deixa de ser obrigatória

0 95

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Foi lançada em Diário da República uma nova portaria que vem aliviar as exigências na contratação de enfermeiros, sobretudo no caso de procedimentos urgentes. A entrevista de seleção deixa de ser obrigatória, tendo estes profissionais de passar apenas por uma avaliação curricular.

Trata-se de uma “alteração pontual” no regime de recrutamento dos trabalhadores do Estado, para tornar mais céleres as contratações urgentes, que, por vezes, demoram mais que o desejado dado o número elevado de candidatos. Exemplo disso foi o concurso aberto no ano passado para a contratação de enfermeiros para o Serviço Nacional de Saúde ao qual concorreram cerca de 11 mil profissionais.

A entrevista passa, assim, a ter um caracter facultativo, ficando definido como único método de seleção obrigatório a avaliação curricular. A portaria determina ainda que, no caso da entidade competente para autorizar a abertura do procedimento de recrutamento optar pela realização de entrevistas, o júri pode ser apoiado por uma comissão de outros enfermeiros.

O ajustamento agora publicado, e assinado pelos ministros da Saúde e Finanças, aplica-se tanto aos novos concursos, como a procedimentos já em curso, desde que ainda não sejam conhecidas as listas definitivas de candidatos admitidos e excluídos.

Fonte: Jornal Enfermeiro

Gostar
Seguir
google

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina a nossa Newsletter e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo