Importância de Políticas de Prevenção e Combate a Incêndio

0 488

As relações entre a segurança / insegurança contra combate a incêndio são meramente citadas em acontecimentos catastróficos envolvendo o “FOGO”. O foco na segurança se passa em realizar no seu dia-a-dia as normas que devemos seguir para um bom andamento de nosso serviço, bem como: inspeções preventivas / manutenção / reparo e fiscalização.

As medidas de segurança a serem tomadas nas edificações / shoppings e etc., são corriqueiramente ampliadas ou modificadas para que melhor possa atender a demanda e consiga ofertar o maior grau de segurança aos usuários, sendo assim a segurança este presente em todo o contexto do trabalho do BOMBEIRO.

O incêndio pode ocorrer por diversos fatores, porem quando se realiza os fatores que já foram citados a segurança se torna maior e diminui a probabilidade de que ocorra o fato, de uma maneira geral a segurança está centralizada com a insegurança que deve ser citada como fator predominante para que ocorra acidentes e/ou desastres.

Desenvolvimento
Quando ocorre algum tipo de acidente com o fator envolvente ao fogo, ocorre uma análise do ocorrido / causas, além dos fatores de risco no qual as pessoas possam ser expostas, assim facilitando também para que possa ser criada novas medidas preventivas de segurança, as descrições sobre todo o ocorrido sempre são feitos com os mínimos detalhes para que se possa chegar ao conceito correto para a elaboração de novas medidas. Algumas empresas possuem a CIPA (NR 05) e as suas próprias BRIGADAS DE INCENDIO, este grupo de profissionais que participam como voluntários, são os que junto a equipe de segurança do trabalho busca as melhorias para a entidade ou empresa.

Priorizando o foco da segurança sem esquecer na insegurança, vamos discursar neste artigo sobre os sistemas estaduais de prevenção contra incêndio, que se seguem com diferenciações e posteriormente alterações anuais.

A insegurança no ambiente com a presença do “FOGO” é um dos fatores que acabam levando o cenário a destruição total ou parcial, podendo ser caracterizado de muitas formas, acarretando na perda de bens e vidas. Momentos de insegurança no combate ao “FOGO” podem ser cruciais com a ocorrência ou caso ira ou terá que ser prosseguido, devemos priorizar sempre a segurança primeiramente de toda sua equipe / uso de equipamentos / detalhar caso a caso.

Das análises feitas em situações com fatores de insegurança visualizamos sempre que ocorre a falha humana, deixando a desejar sempre o descuido das pessoas na qual atuam como prevencionista. O fator humano leva a segurança e também a insegurança, a insegurança sempre estará presente na analogia humana, sendo ela predominante para que busquemos as melhorias e os capacite cada vez mais.

Citando sobre os pontos positivos e negativos do assunto discursado, levarei em consideração como pontos positivos: Analise do ocorrido e Elaboração de medidas de prevenção e/ou estratégias; bem como os pontos negativos: politicas estaduais de PCBIN (Prevenção e Combate a Incêndio) e capacitação / colocação de profissionais em prontidão para combate.
A análise do fato ocorrido vem como uma das maiores ferramentas para que possamos sempre buscar uma melhoria na demanda / segurança do local, citando isso com a coleta das informações conseguimos através de relatórios exigir que tenhamos um maior número de equipamentos e de ferramenta humana.

Quando realizamos a análise do ocorrido levamos em consideração todas as intempéries no local, seja ela fatores naturais / humanos ou mecânico, buscamos sempre descrever como ocorreu o fato realizando uma breve perícia no local do acidente/incidente.

Dentre algumas novidades em relação a figuração do combate / prevenção de incêndio visualizamos que unidades hospitalares começam a adequar novas situações para que possam estar preparados para qualquer eventualidade com relação a prevenção: priorizando estratégias de prevenção / rotas de fuga / sinalização e elaboração de estratégias.

A colocação de muitos profissionais pode ajudar no gerenciamento do risco, porém não temos grande aceitação da figura do bombeiro civil neste caso, além de serem poucos os que conseguem atuar após a formação, a maior dificuldade de uma maneira geral é esta: colocação de profissionais de prontidão em empresas públicas e privadas.

Conclusão
Conforme todo o proposito descrito neste artigo as medidas de prevenção e combate a incêndio são as maiores armas para que possamos nos minar de números positivos de sobrevida a ação contra o “FOGO”. Dentre fatores de segurança e insegurança chegamos ao fim deste artigo com a razão de que podemos e estamos atrasados com relação a criação de uma política nacional de prevenção, além de caráter da aparição maciça da figura do bombeiro civil, de acordo com a NBR14.608 é fundamental dizer que a figura do bombeiro civil vem de grande fato agregar como prevencionista.

Constantemente a aplicação de novas metodologias virão a aparecer, caso ocorra uma nova visão sobre a relação do CBINC será sempre levada em pauta e discutidas pelos órgãos competentes, diversas cidades no Brasil não possuem Corpo de Bombeiro, a analise tende a ser revista a partir desta informação, pois dificulta a aplicação em massa de novas normas e técnicas.

Conforme foi dito a criação de novos projetos e/ou equipamentos mudaria a visão sobre a situação com o “FOGO”, pois para outrem a visão é de sempre ser uma situação catastrófica / dificilmente controlada, a prevenção e combate a incêndio consiste em controlar o “FOGO”, importante sabermos que além do controle com o FOGO devemos nos atentar para os usos dos equipamentos de proteção, periodicamente devemos inspecionar nosso equipamento para que comprovemos que esteja em perfeito uso.
Prevenção / Preservação foco no combate e foco na segurança.

Cruz, Luan Filipe Santos, 26.; Sao Sebastiao Sp

 

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina aqui a nossa Newsletter e recebe todas as novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinar. Vais receber um mail... verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo