Dietas yo-yo: porque conduzem ao aumento de peso?

0 13

A adoção frequente de dietas de baixas calorias pode conduzir ao aumento de peso, pois o cérebro interpreta as dietas como uma fome de curta duração e incentiva o organismo a armazenar mais gordura para combater uma possível escassez futura, sugere um estudo publicado na revista “Evolution, Medicine and Public Health”.

De acordo com os investigadores da Universidade de Exeter, e da Universidade de Bristol, ambas no Reino Unido, este processo pode explicar por que motivo as pessoas que adotam frequentemente dietas de baixas calorias comem em demasia quando não estão a fazer dieta e por isso não conseguem manter o peso.

Estudos anteriores já tinham constatado que as dietas yo-yo têm efeitos prejudicais na saúde. Um estudo recente da Associação Americana do Coração sugeriu que este tipo de dietas aumenta o risco de doença cardíaca.

Neste estudo, os investigadores utilizaram um modelo matemático de um animal, os pássaros, que sabe quando os alimentos se encontram em abundância ou escassez, mas não sabem quando a situação pode mudar.

Os investigadores constataram que os animais respondem à escassez de alimento através do armazenamento de energia e ganhando peso. Esta é a razão pela qual as aves são mais gordas no inverno, numa altura em que as sementes e insetos são difíceis de encontrar.

O modelo demonstrou que se o fornecimento dos alimentos é frequentemente restrito (como acontece numa dieta), um animal ideal, ou seja aquele com a melhor probabilidade de transmitir os seus genes, deve aumentar de peso entre os períodos de escassez de alimentos.

Andrew Higginson, um dos autores do estudo, referiu que surpreendentemente, o modelo prevê que o ganho de peso médio para os que fazem dieta é realmente maior do que para aqueles que nunca fizeram dieta. Isto acontece porque os que não estão a fazer dieta aprendem que a oferta de alimentos é estável, havendo por isso uma menor necessidade de armazenar gordura.

Na opinião dos investigadores, este modelo demonstra que o desejo de comer aumenta à medida que uma dieta progride e esse desejo não desaparece com o aumento de peso. Isto acontece porque o cérebro pensa que é provável que ocorram mais períodos de escassez de alimentos.

O investigador conclui que a melhor forma de perder peso é tentar mantê-lo estável. O estudo sugere que comer, consistentemente, apenas um pouco menos do que o habitual e praticar exercício físico pode provavelmente ajudar mais a atingir um peso saudável do que fazer dietas de baixa calorias.

Fonte: Univadis

Gostar
Seguir
google
Loading...
Assina a Newsletter

Ao assinares a Newsletter vais receber no teu mail as notícias e novidades da PortalEnf

Não fazemos Spam e respeitamos a tua privacidade
Assina a Newsletter
close-link
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo