Carência de Enfermeiros no Hospital de Portalegre

0 49

Em visita de acompanhamento do exercício profissional aos Serviços de Urgência, Cirurgia e Pediatria do Hospital Dr. José Maria Grande em Portalegre no período da Páscoa, concretamente a 13 de Abril, a Secção Regional do Sul identificou, junto dos Enfermeiros da prática clínica, situações inadequadas face à necessidade de Cuidados de Enfermagem.

A aproximação às Dotações Seguras para os Cuidados de Enfermagem significam maior garantia de segurança dos cuidados de saúde prestados à população”, sublinhou Sérgio Branco, Presidente da Secção Regional do Sul da Ordem dos Enfermeiros.

No Serviço de Urgência, os Enfermeiros foram unânimes em referir que o número de Enfermeiros não é suficiente para dar resposta às necessidades do serviço devido, nomeadamente, à grande afluência de doentes principalmente durante os meses de Inverno, e ao número de internamentos no serviço em virtude da falta de camas disponíveis nos serviços de Medicina, Cirurgia e Unidade de Cuidados Intensivos. Este facto é agravado quando os Enfermeiros são obrigados a sair do serviço para fazerem transportes/transferências extra-hospitalares, de forma regular, mesmo que os doentes não sejam do Serviço de Urgência, por inexistência de equipa apropriada para o efeito.

No Serviço de Cirurgia, a par da carência de Enfermeiros, as dificuldades que o sistema de registos tem vindo a impor, agrava a disponibilidade para a prestação de cuidados de Enfermagem.

No Serviço de Pediatria, os turnos extraordinários têm um peso excessivo na equipa de Enfermagem já por si sobrecarregada e onde se regista o recurso a “turnos extraordinários programados”, que não sendo consensual, pode configurar-se como prática ilegal e que não obriga ao seu cumprimento por parte dos Enfermeiros.

Sérgio Branco, junto dos Enfermeiros de Portalegre reforçou que “a Ordem dos Enfermeiros irá reunir com o Conselho de Administração e com a Direcção de Enfermagem no sentido de, juntos, encontrarem soluções rápidas e eficazes para as situações diagnosticadas“, acrescentando que a Secção Regional do Sul e a Ordem dos Enfermeiros disponibilizam o seu total apoio na resolução de problemas junto das Direcções de Enfermagem e que estas situações devem ser reportadas formalmente à Ordem.

Fonte: Ordem dos Enfermeiros

Gostar
Seguir
google
Loading...
Assina a Newsletter

Ao assinares a Newsletter vais receber no teu mail as notícias e novidades da PortalEnf

Não fazemos Spam e respeitamos a tua privacidade
Assina a Newsletter
close-link
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo