Parada cardíaca: vá mais longe até um centro especializado

0 142

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

De acordo com uma pesquisa publicada esta semana no European Heart Journal , pacientes que sofrem uma parada cardíaca fora do hospital (out-of-hospital cardiac arrest, OHCA) têm uma probabilidade significativamente maior de sobreviver se forem transportados imediatamente para um centro cardíaco especializado ao invés do hospital geral mais próximo. Distância até o centro especializado mais próximo não afetou as chances de sobrevida.

O estudo, com mais de 41.000 pacientes não selecionados que apresentaram uma OHCA entre 2001 e 2013, observou que uma menor mortalidade estava associada à admissão direta em um centro cardíaco invasivo e à realização de angiografia coronariana (coronary angiography, CAG) e intervenção coronária percutânea (percutaneous coronary intervention, PCI).

Da coorte total, apenas 9% dos pacientes ainda estavam vivos após 30 dias. Quase 30% dos participantes foram admitidos diretamente em um centro cardíaco invasivo, enquanto a maioria foi admitida em um hospital local. Mais de 20% dos pacientes que retornaram para a circulação espontânea haviam sido submetidos a uma CAG, e 15% fizeram uma PCI após a CAG.

Em comparação com outros pacientes de parada cardíaca, a admissão direta em um centro cardíaco invasivo está associada a um aumento de 11% nas chances de sobrevida em 30 dias, e a realização de CAG/PCI estava associada a uma chance de sobrevida 45% maior.

Fonte: Univadis

Gostar
Seguir
google

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina a nossa Newsletter e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo