“Contratar mais enfermeiros permite poupar dinheiro”

Linda Aiken, Professora na Universidade da Pensilvânia, coordenou estudo que abrangeu 30 países. FOTO HELDER SANTOS
1 1.259

Linda Aiken recomenda contratação de mais enfermeiros para salvar vidas

Linda Aiken, investigadora norte-americana, realizou um estudo em 14 países europeus e concluiu que contratar mais enfermeiros permite poupar dinheiro e salvar vidas.

Leia a entrevista:

Já realizou diversos estudos sobre a importância dos enfermeiros nos resultados hospitalares. A que conclusões chegou?

Acabámos de completar um estudo em 14 países europeus e aquilo que descobrimos é que entre os hospitais existe uma grande variação nas taxas de mortalidade, diferentes níveis de satisfação dos utentes com o serviço prestado, muitas infecções, muitas quedas e muitos pacientes que, depois de terem alta, voltam ao hospital devido a complicações. Ficámos a saber que os hospitais que têm mais enfermeiros apresentam melhores resultados. Na área cirúrgica, por cada doente que é acrescentado à carga de trabalho do enfermeiro há um aumento de 7 por cento na mortalidade. A desqualificação das equipas hospitalares [substituição de enfermeiros por assistentes] também está associada aos baixos resultados. Adicionar um assistente por 25 doentes, em vez de adicionar um enfermeiro, está associado a um aumento de 21% da probabilidade de morrer.

O número de enfermeiros a trabalhar em Portugal é satisfatório?

Portugal não tem tantos enfermeiros a trabalhar nos hospitais como outros países com melhores resultados. O que recomendamos é que Portugal fixe mais vagas para enfermeiros nos hospitais. Portugal tem dos enfermeiros melhor qualificados em toda a Europa e todos os outros países querem enfermeiros formados em Portugal. Deviam manter os vossos próprios enfermeiros porque se o fizessem podiam reduzir a taxa de mortalidade e as infecções hospitalares e aumentar a satisfação dos utentes. O vosso país tem muitos enfermeiros mas não disponibiliza vagas de empregos para eles e por isso vão para o estrangeiro. A principal medida que Portugal devia tomar para melhorar os cuidados de saúde era criar mais emprego para enfermeiros.

As dificuldades orçamentais limitam a implementação dessa medida… Há limitações orçamentais mas uma das coisas que o nosso estudo demonstrou é que o custo de ter poucos enfermeiros é superior. É que se temos um número insuficiente de enfermeiros surgem outros problemas muito dispendiosos, como as infecções, que exigem medicação cara durante muito tempo para os pacientes. Neste estudo apurámos que o investimento feito no emprego de enfermeiros é inferior ao das poupanças que a sua contratação permite. O investimento na enfermagem tem bom retorno. É preciso aumentar o número de enfermeiros nos hospitais. Boas dotações e bom ambiente de trabalho fazem poupar dinheiro.

O que acha rácio médico/enfermeiros em Portugal?

Têm um rácio médico/enfermeiros que não é o recomendado a nível internacional. Creio que têm aproximadamente o mesmo número de médicos e de enfermeiros e a Organização Mundial de Saúde e outras instituições internacionais recomendam que o rácio ideal para obter os melhores resultados para os pacientes seria 3 ou 4 enfermeiros por cada médico. É algo que não pode ser mudado de um dia para o outro mas é um assunto que deve ser tomado em consideração no planeamento de longo prazo.

Veja aqui a entrevista em vídeo:

https://www.rtp.pt/

Gostar
Seguir
google
Fonte DNotícias RTP
Loading...
Ajuda a tua Comunidade PortalEnf

Com um pequeno donativo estarás a ajudar a tua Comunidade a permanecer Online.

Aproveita e segue-nos nas redes sociais
Dá o teu Contributo!
close-link
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo