Faltam 155 enfermeiros na ULS do Norte Alentejano

0 492

A Unidade Local de Saúde do Norte Alentejano (ULS-NA) tem em falta 155 enfermeiros, situação que põe em causa a qualidade e segurança dos cuidados prestados. O alerta foi dado pelo Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP), que já solicitou uma reunião com o conselho de administração da unidade.

Citado pelo site de notícias AbrilAbril, o SEP fala de um problema de “proporções inéditas”, que se tem agravado durante os últimos anos e que nenhum conselho de administração “se dignou a resolver”. A estrutura sindical já pediu para se reunir com o novo conselho de administração da ULS, que, apesar de estar em funções há pouco tempo, é a quem cabe “encontrar soluções” – diz.

No dia 22 de junho  o sindicato entregou ao conselho de administração da ULS-NA “um documento que demonstra, de acordo com o regulamento n.º 533/2014 da Ordem dos Enfermeiros, a carência de 155 enfermeiros para que sejam prestados cuidados com qualidade e segurança”.

O não cumprimento do regulamento “coloca em causa o normal funcionamento dos serviços hospitalares da ULS-NA, principalmente durante o período de férias de verão”, afirma o sindicato, acrescentando que, atualmente, já são efetuados vários turnos extraordinários, “que são ilegais e reveladores claros desta carência”. Exige, por isso, a admissão de mais enfermeiros.

Gostar
Seguir
google
Fonte JornalEnfermeiro
Loading...
Ajuda a tua Comunidade PortalEnf

Com um pequeno donativo estarás a ajudar a tua Comunidade a permanecer Online.

Aproveita e segue-nos nas redes sociais
Dá o teu Contributo!
close-link
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo