Associação de Diretores de Enfermagem quer criação de carreira de enfermeiro gestor

0 344

O novo presidente da Associação de Diretores de Enfermagem, José Ribeiro, defendeu a criação da categoria profissional de enfermeiro gestor, destinada aos profissionais com funções assistenciais e clínicas, mas que também gerem serviços e departamentos.

No âmbito da recente publicação, em Diário da República, do Regulamento da Competência Acrescida Avançada em Gestão da Ordem dos Enfermeiros, “faz todo o sentido defender a criação desta nova categoria profissional de enfermeiro gestor”, que seria uma “fusão das antigas carreiras de enfermeiro chefe e enfermeiro supervisor”, disse José Ribeiro.

Em declarações à Lusa, o responsável desta associação, criada em outubro de 1998, sublinhou que o decreto-lei de 2009 que define a carreira de enfermagem “não prevê esta categoria”.

Na sua opinião, com a criação desta categoria, será possível intervir mais e melhorar a qualidade das práticas.

Abrangendo os 41 enfermeiros diretores e os antigos enfermeiros chefes e supervisores, a associação terá como uma das suas bandeiras, neste mandato, a criação desta nova carreira, disse, acrescentando que a mesma abrangerá todos os profissionais com responsabilidades.

De acordo com o regulamento da Ordem dos Enfermeiros publicado na terça-feira em Diário da República, “o exercício de funções de gestão por enfermeiros é determinante para assegurar a qualidade e a segurança do exercício profissional, constituindo-se como componente efetiva para obtenção de ganhos em saúde, pelo que necessita de ser reconhecido, validado e certificado, inserida no processo de desenvolvimento e valorização profissional”.

O regulamento “define o perfil de competências do Enfermeiro Gestor e os termos da sua certificação como competência acrescida avançada em Gestão, no âmbito do exercício profissional de enfermagem”, lê-se.

José Ribeiro, eleito presidente da Associação no dia 27 de janeiro, adiantou ainda à Lusa que, neste mandato de dois anos, pretende realizar reuniões e fóruns de discussão “itinerantes” para “partilha de conhecimentos e recolha de contributos”.

A alteração dos estatutos da Associação é outra das intenções de José Ribeiro, para que “também os vogais dos conselhos clínicos de enfermagem dos agrupamentos de centros de saúde (ACES)” possam ser associados.

Fonte Diário de notícias

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina aqui a nossa Newsletter e recebe todas as novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinar. Vais receber um mail... verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo