Inspeção deteta falhas na contratação de médicos à hora

0 188

Pelo menos cinco hospitais não estão a respeitar a Lei de Contratação de Médicos à Hora. A Inspeção-Geral das Atividades em Saúde detetou irregularidades em ações realizadas nos últimos dois anos.

Contratação de médicos sem contrato escrito, contratos sem data, contratos com médicos que já têm vínculo à unidade de saúde que está a contratar. São algumas das irregularidades detetadas pela Inspeção-Geral das Atividades em Saúde (IGAS) e que constam de um parecer a que o Jornal de Notícias teve acesso.

A ação dos inspetores ocorreu em 2016 e 2017 nos centros hospitalares Lisboa Norte, Médio Tejo, Setúbal e Oeste e Garcia de Horta.

A finalidade era perceber se estava a ser cumprido um despacho de 2016, assinado pelo anterior secretário de Estado, Manuel Delgado, que na prática veio impor regras mais apertadas à contratação de médicos tarefeiros. O relatório da IGAS aponta para várias falhas.

Por exemplo, há registo de contratação de médicos especialistas para desempenharem funções em hospitais onde não existe a área de especialidade do médico contratado. É também referida a falta de registos biométricos de assiduidade que impede perceber se determinados serviços foram mesmo prestados.

O parecer dos inspetores já foi enviado ao ministro da Saúde, mas ainda não se sabe que medidas serão tomadas na sequência das irregularidades detetadas.

A violação destas regras de contratação pode levar à demissão dos gestores dos hospitais onde forma detetadas as irregularidades.

Fonte TSF

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina aqui a nossa Newsletter e recebe todas as novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinar. Vais receber um mail... verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo