Enfermeiros do Algarve Apresentam Recusa na Condução de Viaturas de Serviço

0 310

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Duas Enfermeiras que trabalham em Unidades de Cuidados na Comunidade (UCC) de Portimão e de Faro, receberam uma carta assinada pelo presidente da ARS/Algarve em que, em consequência de acidentes, é exigido o pagamento dos danos das viaturas e ao qual acresce sanção disciplinar.

Este facto, levantou uma onda de indignação e revolta e obrigou a uma tomada de posição, com Enfermeiros e outros profissionais a subscreverem cartas de recusa de condução.

O espírito de missão e a consciência profissional obriga muitas vezes que os Enfermeiros “compensem” a falta de recursos necessários, assumindo a condução das viaturas de Serviço e, em grande parte das vezes, as suas viaturas particulares para a realização de actividades assistenciais na comunidade. Ao fazê-lo, assumem riscos que trazem consequências pessoais, profissionais e, em última instância familiares, riscos esses que poderiam ser evitados se assumirmos exclusivamente as competências que nos são adstritas enquanto Enfermeiros.

A Ordem dos Enfermeiros, na pessoa do Presidente da Secção Regional do Sul, Enfermeiro Sérgio Branco, tem estado a acompanhar o processo garantindo o apoio e o aconselhamento aos colegas das equipas em questão.

“A Ordem tem que estar ao lado dos Enfermeiros sempre que se “levantam” na defesa da dignidade da profissão e da qualidade dos cuidados.” Defende Sérgio Branco, Presidente da Secção Regional do Sul da Ordem dos Enfermeiros.

A falta de soluções, relativamente a esta questão, obriga a que algumas equipas procedam aos cuidados domiciliários a pé, com os decorrentes condicionalismos para a capacidade assistencial.

“O SNS está assente na boa vontade dos Enfermeiros, e em resposta a esta “boa fé” assistimos a estes exemplos de falta de reconhecimento relativamente aos que tanto dão a troco de quase nada.” adianta Sérgio Branco.

Em reunião com as colegas em questão, o Presidente da ARS Algarve, Dr. Paulo Morgado, endereçou o seu pedido de desculpas pelo sucedido, admitindo que a ARS tudo fará ao seu alcance para corrigir esta situação. Este facto, merece por parte da Secção Regional do Sul uma manifestação de reconhecimento pela tentativa de reposição da justiça que só será conseguida aquando do levantamento das sanções a que foram sujeitas.

Parecer sobre Condução de Viaturas:

https://www.ordemenfermeiros.pt/documentos-oficiais/?type_field=&location_field=condu%C3%A7%C3%A3o+de+viaturas&subtype_field=&mandate_field=

Gostar
Seguir
google
Fonte Ordem dos enfermeiros

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina a nossa Newsletter e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo