Médicos querem Centeno à mesa das negociações

0 193

Após mais uma ronda negocial com o Ministério da Saúde, esta quarta-feira, os sindicatos reafirmam a intenção de manter a greve agendada para os dias 8, 9 e 10 de maio. Na próxima reunião, os médicos querem Centeno presente.

«A nossa exigência é que na próxima reunião esteja Mário Centeno, que hoje mesmo veio dizer aos portugueses que estava tudo bem, demonstrando uma insensibilidade confrangedora. Parece que o ministro das Finanças se conforma com os portugueses estarem dois anos à espera das consultas. Por isso queremos que na próxima reunião esteja o ministro da Saúde e o ministro das Finanças, para ultrapassar estas diferenças. Caso isso não seja feito, responsabilizamos o Governo por esta greve», disse o presidente do Sindicato Independente dos Médicos ( SIM ), em declarações à Rádio Renascença.

Também a Federação Nacional dos Médicos ( Fnam ) divulgou um comunicado onde lamenta que o Governo não tenha acolhido nenhuma das reivindicações dos sindicatos.

«A Federação Nacional dos Médicos lamenta a falta de vontade manifestada pelo Ministério da Saúde numa negociação séria, ignorando, mais uma vez, as reivindicações dos médicos e recusando-se a apresentar propostas para a resolução dos problemas do Serviço Nacional de Saúde», escreve o sindicato no comunicado.

O melhor da PortalEnf...

Assina e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Segue-nos nas redes sociais!

Partilha isto com um amigo