Bastonária solicita intervenção urgente do ministro da Saúde

0 241

A Bastonária da Ordem dos Enfermeiros solicita a intervenção urgente do ministro da Saúde, depois de esta quinta-feira ter sido confrontada com uma nova denúncia relativa ao Hospital de Gaia, onde os Enfermeiros garantem estar no limite e voltaram a recorrer à OE.

De acordo com a situação reportada, esta manhã, havia 18 doentes foro cirúrgico, muito deles de Ortopedia, internados no Serviço de Urgência (SU) e acomodados ao longo dos corredores, alguns dos quais com tracção cutânea dos membros.

Apesar de haver vagas nos serviços, não há Enfermeiros suficientes para assegurar os turnos, pelo que os doentes não podem ser transferidos e acumulam-se no SU.

Além destes 18 doentes, há outros 10 doentes do foro médico no SU, com elevado grau de dependência, sem que haja condições mínimas para a prestação de cuidados, num serviço onde não existem dispositivos de prevenção de úlceras de pressão, almofadas ou roupa.

Os Enfermeiros do SU de Gaia têm um horário previsto para este mês com 190 horas a mais cada um, num total de mais de 5 mil horas no serviço, não houve novas admissões nem perspectivas de que tal possa acontecer.

“Esta situação ultrapassa todos os limites da razoabilidade e segurança das pessoas e profissionais”, reitera a Bastonária da OE, que solicita a intervenção urgente do ministro da Saúde.

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina aqui a nossa Newsletter e recebe todas as novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinar. Vais receber um mail... verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo