ULS da Guarda reduz camas em vários serviços e encerra Unidade de Cuidados Intermédios de Cardiologia

0 202

A Unidade Local de Saúde (ULS) da Guarda anunciou que decidiu ajustar a «oferta assistencial”»no Hospital de Sousa Martins para «fazer face à escassez de recursos humanos», assegurando que não há serviços em risco de fechar.

Em comunicado enviado à comunicação social, a ULS refere que a medida foi tomada «para fazer face à escassez de recursos humanos agravada pela redução do horário de trabalho de 40 para 35 horas, desde dia 1 de Julho de 2018, e para não colocar em causa a qualidade e segurança dos cuidados a prestar aos doentes».

Segundo a nota, foi «temporariamente ajustada a oferta assistencial» no Hospital de Sousa Martins com a redução de 16 camas em vários serviços e o encerramento da Unidade de Cuidados Intermédios de Cardiologia, «passando o Serviço de Medicina Intensiva a assegurar as situações de necessidade na área, nas camas de cuidados intermédios que lhe estão alocadas».

A ULS reduziu quatro camas no serviço de Cirurgia, igual número no serviço de Ortopedia, seis camas no serviço de Pneumologia, uma de Otorrinolaringologia e outra cama de Oftalmologia, e procedeu à «deslocalização das restantes seis camas para próximo do serviço de Ginecologia».

A fonte explica que «não foi necessário ajuste nos tempos cirúrgicos nem nas Consultas Externas» e garante que «não há serviços hospitalares em risco de fechar».

O melhor da PortalEnf...

Assina e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Segue-nos nas redes sociais!

Partilha isto com um amigo