Greve dos enfermeiros levou ao cancelamento de muitas cirurgias

0 107

Profissionais de saúde exigem nova contraproposta ao diploma da carreira.

A greve nacional dos enfermeiros, que começou quinta-feira e se manteve na sexta-feira, levou ao cancelamento de milhares de cirurgias em todo o País. A região Norte terá sido uma das mais afetadas.

No Hospital de S. João, no Porto, apenas uma das 11 salas para cirurgias programadas esteve a funcionar.

Também no Hospital de Santo António, no Centro Hospitalar de Vila Nova de Gaia e Espinho e no Hospital de Bragança houve constrangimentos relativos às operações.

O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra e o Hospital Distrital da Figueira da Foz tiveram de cancelar cirurgias, à semelhança de vários Hospitais do Alentejo [Beja, Évora, Portalegre e Elvas] e do Algarve.

Segundo o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP), a paralisação registou esta quinta-feira uma adesão de 78,2%. “Esta é, sem dúvida, uma prova significativa daquilo que é a união dos enfermeiros”, disse ao CM Guadalupe Simões, dirigente do SEP, realçando a forte adesão dos profissionais nas Unidades de Cuidados Primários.

Os enfermeiros estão em greve para pressionar o Governo a apresentar uma contraproposta ao diploma da carreira. “Houve várias promessas: disseram que os enfermeiros especialistas iam ganhar mais 150 euros.

Eu sou especialista desde 2011 e esse suplemento nunca foi adicionado ao meu salário”, explicou ao CM Vânia Alves, enfermeira há 14 anos no Porto.

Fonte: CMJornal

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina aqui a nossa Newsletter e recebe todas as novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinar. Vais receber um mail... verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo