Emigração de enfermeiros duplicou no ano passado

0 154

Depois de uma queda acentuada em 2017, que poderia dar indicação de que a saída em massa de enfermeiros que se verificou durante os anos da troika teria chegado ao fim, o número de certificados de equivalência pedidos à Ordem dos Enfermeiros (OE) duplicou em 2018, ultrapassando os 2700 pedidos.

Sem perspetivas de carreira em Portugal, e em particular no SNS, e com vencimentos muito abaixo daqueles que são praticados noutros países, mais de 18 mil enfermeiros escolheram sair do país desde 2009 para exercerem no estrangeiro. Contudo, a tendência nos últimos era de diminuição do fluxo migratório. Depois do pico de saídas, em 2014, quando 2850 profissionais pediram à OE o certificado de equivalência, os números baixaram em 2015, em 2016 (para os 1614) e ainda mais no ano passado, para 1286 pedidos. Em 2018, a OE emitiu 2736 certificados, mais do dobro em relação ao ano anterior.

Portugal forma, todos os anos, entre 3000 e 3500 enfermeiros,segundo dados da OE. Cerca de um terço dos que saíam escolhia o Reino Unido para trabalhar. Com ordenados muitas vezes superiores a 4 mil euros e perspetivas de uma evolução continuada na carreira, as condições de trabalho afiguravam-se muito melhores do que as oferecidas pelo SNS, onde um enfermeiro especialista ganha 1200 brutos por mês.

O Brexit veio pôr um travão à saída de enfermeiros para o país. Em 2017, o Nursing and Midwifery Council (entidade reguladora de enfermagem inglesa), apontava para uma queda de 94% dos profissionais portugueses que se registaram nesse ano para trabalhar no Reino Unido (foram apenas 73) – muito menos do que mais de mil que todos os anos chegavam ao país desde 2012.

Publicidade

Contudo, e apesar de a Ordem não possuir dados oficiais sobre o destino dos enfermeiros que pedem o certificado de equivalência, a bastonária Ana Rita Cavaco aponta o Dubai, a Arábia Saudita e a cidade de Filadélfia, nos Estados Unidos, como os novos destino de emigração. Sente-se também, diz, um retorno dos enfermeiros ao Reino Unido – antes da saída oficial do país da União Europeia, marcada para 29 de março.

Tiago Caeiro

Fonte: Saúde Online

0/5 (0 Reviews)
O melhor da PortalEnf...

Assina e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Se gostaste deste Post
Assina a nossa Newsletter

Experimente, você pode cancelar a inscrição a qualquer momento.
close-link

Partilha isto com um amigo