quase um terço das cirurgias canceladas já foram realizadas – Observador

0 21

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Já foram realizadas 30,4% das cirurgias adiadas durante a greve de enfermeiros de novembro e dezembro do ano passado e, além destas, há também já várias agendadas. Os números são do Ministério da Saúde e foram divulgados esta quinta-feira pela TSF.

Cerca de um terço das 7.526 cirurgias adiadas nos 5 centros hospitalares afetados pela greve de enfermeiros já conseguiram efetivar as cirurgias. Há ainda 30,7% agendadas até 13 de fevereiro. Segundo os dados do Ministério da Saúde, o Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra foi a unidade com mais operações já feitas (37,3%), seguido do Centro Hospital Lisboa Norte (Hospital Santa Maria e Pulido Valente), com 34,9% cirurgias e o do Centro Hospitalar Universitário do Porto com 34,2%.

Em sentido contrário, está o Centro Universitário de São João com menos cirurgias canceladas já realizadas (22,5%) e menos reagendadas (17,3%).  Já o Centro Hospitalar de Setúbal efetivou 24% das operações que tinham sido canceladas, tendo 49,5% já reagendadas.

O Governo prevê ainda que até ao final de março todos os doentes afetados pela paralisação vejam as suas cirurgias realizadas. Fonte oficial do Ministério da Saúde, citada pela TSF,  garantiu as “restantes cirurgias (excluindo as que sejam definitivamente canceladas por algum motivo) serão programadas para realização até 31 de março de 2019, quer em hospitais do Serviço Nacional de Saúde, quer, nos casos aplicáveis, em entidades convencionadas após emissão de nota de transferência ou vale cirúrgico”.

Fonte: Observador

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina aqui a nossa Newsletter e recebe todas as novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinar. Vais receber um mail... verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo