Enfermeiros. Costa critica paralisações “selvagens” e “absolutamente ilegais” dos enfermeiros – Observador

0 8

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

O primeiro-ministro, António Costa, classificou esta sexta-feira as greves cirúrgicas dos enfermeiros como “selvagens” e “absolutamente ilegais”, prometendo usar todos os meios ao alcance do governo para travar as ilegalidades nas paralisações. António Costa falava no decorrer de uma visita ao Mogadouro, no distrito de Bragança.

Não podemos confundir aquilo que é o exercício da atividade sindical, o exercício legítimo do direito à greve, com práticas que não são de greves cirúrgicas, mas são greves selvagens, que visam simplesmente atentar contra a dignidade dos doentes e contra as funções do Serviço Nacional de Saúde, que são absolutamente ilegais e em relação às quais as instituições não podem ficar impassíveis”, acentuou o primeiro-ministro

António Costa salientou que o Governo recorrerá a “todos os meios” ao seu alcance para travar o “recurso ilegal” à greve. “Nós recorreremos a todos os meios legais que estiverem ao nosso alcance para impedir que haja a prática do recurso ilegal à greve, o abuso dos direitos que prejudicam os doentes e que não haja o exercício de funções sindicais por instituições que estejam expressamente proibidas de terem uma atividade sindical”, frisou.

O primeiro-ministro avançou que terá de haver uma clarificação sobre a forma de financiamento das greves, numa alusão ao recurso ao financiamento dos sindicatos através de crowdfunding porque “não pode haver qualquer dúvida que manche a dignidade do movimento sindical”.

Fonte: Observador

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina aqui a nossa Newsletter e recebe todas as novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinar. Vais receber um mail... verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo