Controlo da tensão arterial em idosos: nova investigação suscita dúvidas

0 55

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Uma nova investigação sugere que alcançar um nível‑alvo de tensão arterial (TA) abaixo de 140/90 mmHg pode, de facto, não ser benéfico para todos os doentes idosos. 

Num novo estudo, investigadores na Alemanha examinaram os dados de 1628 doentes com, pelo menos, 70 anos de idade para avaliar se os valores de TA abaixo de 140/90 mmHg durante o tratamento anti-hipertensivo estavam associados a uma diminuição do risco de mortalidade por todas as causas.  

Durante o seguimento de 8853 pessoas-anos, morreram 469 doentes. O estudo concluiu que a TA normalizada não foi associada a um decréscimo do risco, mas a um aumento de 26% do risco de mortalidade por todas as causas em idosos. Os autores observaram que, embora haja uma tendência para uma diminuição do risco de mortalidade por todas as causas associadas à TA normalizada em doentes com idades entre 70 e 79 anos, houve um aumento do risco em doentes com 80 ou mais anos e em doentes com eventos cardiovasculares anteriores.

“Os nossos resultados mostram claramente que, nestes grupos de doentes, o tratamento anti-hipertensivo deve ser ajustado com base nas necessidades do indivíduo”, disse o Dr. Antonios Douros da Charité-Universitätsmedizin em Berlim, na Alemanha. “Devemos afastar‑nos da abordagem generalizada de aplicar as recomendações das associações profissionais a todos os grupos de doentes.”

A investigação está publicada no periódico  European Heart Journal . 

Este post foi útil?

Clique numa estrela para o avaliar!!

Classificação média / 5. Contagem de votos:

Este post foi útil para ti...

Segue-nos nas redes sociais!

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo