Enfermeira de Stephen Hawking avaliada por “má conduta séria”

0 9

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Andy Rain / EPA

Patricia Dowdy, enfermeira que trabalhou com o cientista Stephen Hawking durante 15 anos, está a ser ouvida no âmbito de um processo disciplinar por “má conduta séria” nos cuidados de saúde que prestou ao cientista.

O processo de inquérito, impulsionado pela associação que regula o setor no Reino Unido — Nursing and Midwifery Council –, começou em fevereiro e vai terminar a 21 de março. Patricia Dowdy, de 61 anos, tinha sido suspensa interinamente como enfermeira em 2016, refere a BBC.

Segundo o jornal britânico The Independent, a alegada “má conduta” da enfermeira, que nasceu em Ipswich, terá tido lugar em Cambridge, quando Patricia Dowdy era responsável pelos cuidados de saúde do cientista. Stephen Hawking morreu em março do ano passado, com 76 anos, na sua casa em Cambridge.

Patricia Dowdy está a ser investigada depois de uma queixa apresentada pela família do falecido cientista, sugerem os relatórios. Mas a natureza exata das acusações permanece desconhecida porque o Conselho de Enfermagem e Obstetrícia tomou a medida altamente incomum de proibir o público e os media de assistir à audiência.

Hawking, que era conhecido como uma das maiores mentes científicas do mundo, foi diagnosticado com uma forma rara de doença neuro-motora em 1964, aos 22 anos, e pensava-se que teria apenas alguns anos de vida. O pai de três filhos acabou por ficar confinado a uma cadeira de rodas e dependente de um sistema de voz computadorizado para comunicação.

Ele continuou a viajar pelo mundo, dar palestras e a escrever artigos científicos sobre as leis básicas que governam o universo. Entre várias publicações científicas, o cientista foi o autor de um dos maiores bestsellers da literatura científica – “A Brief History of Time” vendeu mais de dez milhões de exemplares.

Em 2004, dez das suas enfermeiras acusaram a sua segunda esposa, Elaine Mason, de abuso depois de a família o ter levado várias vezes ao hospital com ferimentos inexplicáveis, incluindo um pulso partido e cortes na cara.


Fonte: ZAP

[ratemypost] [ratemypost-result]

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo