Sistema de Classificação de Doentes: Automatização nacional em curso

0 42

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Há cerca de 2 anos, a Administração Central do Sistema de Saúde (ACSS) aprovou a automatização do Sistema de Classificação de Doentes baseado em níveis de dependência de cuidados de enfermagem (SCD/E), proposta pela Ordem dos Enfermeiros. Nesta senda, os Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS), em parceria com a ACSS, desenvolveu uma funcionalidade que permite a automatização deste sistema de classificação substituindo o processo manual, moroso e sujeito a erros. O desenvolvimento do automatismo constitui um avanço tecnológico que vai permitir gerir melhor o tempo dos Enfermeiros e ampliar a sua disponibilidade para a prestação de cuidados às pessoas. Por outro lado, vai ser possível obter dados fiáveis relativamente às horas de cuidados de Enfermagem necessárias, por dia de internamento. “A fiabilidade deste indicador é de crucial importância para o cálculo das dotações seguras”, salienta Luís Barreira.

“Encontramo-nos no tão aguardado momento do progresso tecnológico” – o Vice-presidente da Ordem dos Enfermeiros, refere-se desta forma ao rollout nacional do automatismo, que deverá estar concluído até ao dia 7 de março. Luís Barreira salienta que “esta generalização vai iniciar-se com os Quadros de Medicina/Cirurgia em todas as instituições que usam esta ferramenta, estando finalmente criadas as condições para replicar esta funcionalidade aos restantes Quadros de Classificação a breve prazo”.

A OE continua a acompanhar todos os desenvolvimentos desta importante ferramenta e disponibiliza um endereço de e-mail – [email protected] – para que os utilizadores do SCD/E possam reportar sugestões de melhoria ou eventuais dificuldades de utilização, as quais serão posteriormente enviadas aos SPMS

 

Fonte: Ordem dos Enfermeiros

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo