Paracetamol pode aumentar o risco de AVC em pessoas com diabetes

0 87

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

De acordo com uma nova investigação publicada no Journal of the American Geriatrics Society , o paracetamol pode aumentar de forma significativa o risco de AVC em pessoas com diabetes.

Com uma investigação recente a sugerir que o paracetamol pode estar ligado a acontecimentos adversos e mortalidade em dosagem terapêutica, os investigadores exploraram a associação da utilização de paracetamol com a mortalidade e eventos cardiovasculares major em 5429 idosos a residir em 175 lares de idosos em França. Destes, 2239 participantes estavam a tomar, em média, 2352 ± 993 mg de paracetamol diariamente, enquanto 3190 não tomavam paracetamol. 

Concluíram que não houve aumento em relação a morte e a enfarte do miocárdio entre os utilizadores e os não utilizadores de paracetamol, após um acompanhamento de 18 meses. O número de AVC também foi semelhante em ambos os grupos. No entanto, os autores concluíram que a ingestão de paracetamol estava ligada a um aumento do risco de AVC em doentes com diabetes (proporção de risco [PR]: 3,19; IC de 95%: 1,25‑8,18; P=0,0157). 

Os autores afirmaram que, embora o paracetamol continue a representar uma opção segura de primeira linha na gestão da dor para a maioria dos doentes, deve ser considerado com um pouco mais de precaução no caso de idosos com diabetes. “À medida que a nossa população vai ficando mais velha e frágil, os estudos necessitam de se centrar na segurança dos medicamentos que estes idosos mais frágeis utilizam habitualmente, para melhorar a nossa prática”, concluíram os autores. 

Este post foi útil?

Clique numa estrela para o avaliar!!

Classificação média / 5. Contagem de votos:

Este post foi útil para ti...

Segue-nos nas redes sociais!

We are sorry that this post was not useful for you!

Let us improve this post!

Loading...
Share This Article:

close

Partilha isto com um amigo