Apresentadoras indignadas com “falta de respeito” perante pandemia

0 3

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Depois de terem começado a circular nas redes sociais algumas imagens de várias pessoas a passearem, na manhã deste domingo, dia 22, no norte do país, algumas apresentadoras portugueses fizeram questão de reagir às mesmas. Numa nota deixada no Instagram, muitos rostos conhecidos apelaram, de novo, para que os portugueses fiquem em casa e cumpram o isolamento social perante o combate da pandemia do novo coronavírus.

Isto é uma falta de respeito! É uma vergonha!!! Não há desculpas para quem faz isto. São pessoas sem noção do quão grave esta pandemia é! Não foi só na Póvoa que isto aconteceu. Foi em vários sítios do país. Eu também queria ter ido passear. Não fui para me resguardar a mim e aos que me rodeiam. Realmente as pessoas não estão bem a ver o que por aí vem!!!! Muito triste“, escreveu Vanessa Oliveira na rede social, mostrando-se indignada com o que aconteceu.

Por sua vez, Cristina Ferreira disse: “Estas imagens são do norte do país. Eu sei que podemos dar passeios curtos e higiénicos mas, por favor, façam-no só quando precisarem mesmo. Assim não vamos conseguir. E isto desmotiva quem está há muitos dias sem sair de casa a não ser para ir ao supermercado. 1+1 é igual a muitos como se pode ver. Se continuarmos assim corremos o risco de um dia destes estarmos iguais a Espanha e Itália. É ficar em casa. Já bastam todos os que pelos mais variados motivos têm que ir trabalhar. Será que é assim tão difícil de perceber? Entretanto, a polícia já cortou a marginal para que a ‘enchente’ fosse para casa”.

Quem também não ficou indiferente às imagens foi a também apresentadora Tânia Ribas de Oliveira. “Quando, num país em estado de emergência, temos cidades assim… é difícil, de facto. O Governo avisa, a Direção Geral da Saúde avisa, as televisões, rádios e jornais avisam e ainda há pessoas que saem de casa para conviver. Daqui a pouco tempo, quando for decretada quarentena obrigatória sem excepções, perguntar-se-ão: ‘mas porquê?’. Está aqui a resposta. Falo com amigos e familiares médicos e enfermeiros todos os dias e todos me dizem: ‘as pessoas não estão ainda bem a ver o que vem para aí!’. Não é por falta de aviso, parece-me infelizmente que já é por muita falta de respeito. Que tristeza. Já não há desculpa“, destacou.

Leia Também: “Vergonha”: Indignada, Sónia Tavares deixa recado a quem sai à rua

Fonte: Lifestyle Sapo

Classifica este artigo: [ratings]

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Loading
Loading...
Share This Article:

close