COVID-19: Técnicos de Diagnóstico queixam-se de dificuldades de resposta do SNS

0 7

O sindicato do setor (STSS) afirmou, em comunicado, que tem vindo a acompanhar “com preocupação” a evolução da situação, que considerou “de extrema gravidade”.

De acordo com esta estrutura, uma técnica de análises clínicas foi impedida de entrar num supermercado em Rio Tinto, em horário exclusivo, por não ser médica, nem enfermeira. 

Recomendações da DGS

A DGS acompanha a situação da expansão do novo coronavírus e recomenda:

  • Em Portugal, caso apresente sintomas de doença respiratória e tenha viajado de uma área afetada pelo novo coronavírus, as autoridades aconselham a que contacte a Saúde 24 (808 24 24 24). Caso se dirija a uma unidade de saúde deve informar de imediato o segurança ou o administrativo.
  • Evitar o contacto próximo com pessoas que sofram de infeções respiratórias agudas; evitar o contacto próximo com quem tem febre ou tosse;
  • Lavar frequentemente as mãos, especialmente após contacto direto com pessoas doentes, com detergente, sabão ou soluções à base de álcool;
  • Lavar as mãos sempre que se assoar, espirrar ou tossir;
  • Evitar o contacto direito com animais vivos em mercados de áreas afetadas por surtos;
  • Adotar medidas de etiqueta respiratória: tapar o nariz e boca quando espirrar ou tossir (com lenço de papel ou com o braço, nunca com as mãos; deitar o lenço de papel no lixo);
  • Evitar o consumo de produtos de animais crus, sobretudo carne e ovos;
  • Seguir as recomendações das autoridades de saúde do país onde se encontra.

“Isto não pode acontecer. Todos os profissionais que estão na linha da frente ao combate da pandemia, sejam médicos, enfermeiros, técnicos superiores de diagnóstico e terapêutica, auxiliares ou outros, estão expostos e têm de ser protegidos”, alegou o sindicato.

Ler  "O SNS é a nossa prioridade", garante secretário de Estado da Saúde

A organização referiu também que tem sido confrontada com reclamações provenientes de profissionais de várias Instituições do SNS, pela “não aplicação de medidas preventivas a ter em consideração na atual situação” de pandemia.

“O STSS tendo vindo a alertar os conselhos de administração de várias entidades, para a necessidade de implementação urgente de instruções aos serviços, no que respeita à aplicação das normas de prevenção e controlo de infeção pelo novo Coronavírus”, lê-se no documento.

O sindicato pretende reunir-se, por via eletrónica, com a ministra da Saúde, Marta Temido, para analisar estas questões.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da Covid-19, infetou mais de 220 mil pessoas em todo o mundo, das quais mais de 9.000 morreram.

Das pessoas infetadas, mais de 85.500 recuperaram da doença.

Em Portugal, a Direção-Geral da Saúde (DGS) elevou hoje o número de casos confirmados de infeção para 785, mais 143 do que na quarta-feira. O número de mortos no país subiu para três.

Dos casos confirmados, 696 estão a recuperar em casa e 89 estão internados, 20 dos quais em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI).

Das pessoas infetadas em Portugal, três recuperaram.

Portugal encontra-se em estado de emergência desde as 00:00 de hoje.

Acompanhe ao minuto os efeitos do COVID-19 no país e no mundo.

Coronavírus: como passou de animais para humanos?

Fonte: Lifestyle Sapo

vote
Article Rating
Looks like you have blocked notifications!
Queres receber as nossas notificações?
Assina a nossa Newsletter!

Assina e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades e analisar o nosso tráfego. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. Aceitar Ler mais

0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x
error: Alert: Content is protected !!
Partilha isto com um amigo