Amamentação e coronavírus. Os cuidados a ter em tempo de surto de COVID-19

0 28

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Em tempos de isolamento obrigatório, como o que estamos atualmente a viver, precauções como a lavagem das mãos antes de amamentar e não tossir ou espirrar perto do bebé serão suficientes, garantem, todavia, os especialistas. “É a melhor forma de protegerem os vossos bebés! Mas nunca esqueçam que o resguardo e isolamento social são de extrema importância para se manterem saudáveis”, avisa Maria Silva, especialista em enfermagem de saúde infantil.

“O período de virulência ocorre, habitualmente, antes da mãe saber que foi infetada e que está doente. Por isso, parar com a amamentação no momento em que a mãe se apercebe que está doente implica parar quando o bebé mais precisa da protecção do leite materno”, acrescenta ainda a enfermeira, assessora de lactação e consultora de babywearing, com experiência em neonatologia, tal como Filipa Freitas, com quem fundou a página de Facebook Pinga Amor.

O que a mãe (não) deve fazer quando tem sintomas ou está infetada

Se a mãe tiver sintomas da doença, mas estiver em casa e a sua condição de saúde permitir que ela continue a amamentar, poderá fazê-lo, desde que use uma máscara, desinfete as áreas comuns que podem estar contaminadas e lave as mãos, antes e depois da amamentação. No caso da mãe estar infetada com o coronavírus SARS-CoV-2, na origem da COVID-19, a recomendação é extrair o leite para que o bebé o ingira por biberão ou copo ou à colher.

As autoridades de saúde de todo o mundo alertam que as medidas de higiene devem ser extremas e que, se a mulher estiver em isolamento profilático, não deve ter mais qualquer contato com o bebé para além do momento que envolve a alimentação da criança. Interromper a amamentação pode ser uma opção, se a mulher não tiver condições físicas para continuar a fazê-lo ou se os profissionais de saúde que a acompanham a considerem uma situação de risco para o bebé. O estado de saúde da mãe é essencial para garantir os cuidados da criança e, por isso, é essencial que, caso as tenha, esclareça todas as dúvidas com o seu médico.

No caso de apresentar potenciais sintomas de COVID-19, ligue de imediato para o SNS 24. “Deve permanecer em isolamento profilático e vigiar sintomas, devendo procurar os cuidados de saúde apenas perante febre que não cede, falta de ar ou alteração do estado geral”, refere Renata Aguiar, reumatologista no Centro Hospitalar do Baixo Vouga, uma das administradoras da página que tem esclarecido as dúvidas de mihares de portugueses em tempo de pandemia.

Fonte: Lifestyle Sapo

Gostaste deste artigo? Divulga-nos junto dos teus amigos e colegas! Ajuda-nos a Manter a PortalEnf. Clica aqui para saber mais!

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades e analisar o nosso tráfego. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. Aceitar Ler mais

Share This Article:

close

Assina a nossa Newsletter!

Assina e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina a nossa Newsletter e recebe todas as novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinar. Vais receber um mail... verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Amamentação e coronavírus. Os cuidados a ter em tempo de surto de COVID-19 is highly popular post having 25 Facebook shares
Share with your friends
Powered by ESSB
Partilha isto com um amigo