COVID-19: Adalberto Campos Fernandes defende lotação máxima para serviços

0 6

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

“Até contra mim falo, porque ao longo da minha vida dirigi vários hospitais, grandes, pequenos, médios, e procurei melhorar as condições dos locais por onde fui passando. Lembro-me do Santa Maria [em Lisboa] que era um caso extremo, mas nunca compreendi muito bem a necessidade de termos pessoas doentes ou tendencialmente doentes em espaços de saúde às dezenas e às centenas”, contou.

Esta situação é inaceitável e “tem de acabar” porque é “completamente contra o princípio de uma unidade de saúde que protege a qualidade”, defendeu.

Disse ainda acreditar que as mudanças ocorridas nas unidades de saúde devido ao novo coronavírus SARS-CoV-2, como o recurso às teleconsultas para evitar a presença dos doentes e a mudança de comportamentos e atitudes possam vir a melhorar os indicadores relacionados com a infeção hospitalar.

Para o ex-governante, os hospitais têm que ter horários diferidos ao longo do dia, apostar na telessaúde, na hospitalização domiciliária e na televigilância.

A telessaúde ganhou “um espaço enorme” através do contacto entre o profissional e o doente, mas também através das novas tecnologias que permitem monitorizar à distância os doentes.

Exemplificou, a este propósito, os milhares de doentes com covid-19 que estão a ser monitorizados em casa, através da plataforma Trace Covid, por médicos e enfermeiros, considerando que “é uma lição viva do potencial” que existe nesta área.

“Claro que o ato médico, por definição e por excelência é um ato pessoal, e não podemos fazer telecirurgia nem teletécnicas, mas podemos fazer com que as pessoas estejam nas unidades de saúde o menor tempo possível e que venham só apenas à hora marcada para fazer aquilo que precisam de fazer”, defendeu.

Adalberto Campos Fernandes salientou ainda a importância em tempos de pandemia da receita eletrónica, sem papel, e que hoje atinge 95% da população. “Imaginemos o que seria nesta altura se não tivéssemos feito esse processo de transformação digital”, salientou.

Fonte: Lifestyle Sapo

Gostaste deste artigo? Divulga-nos junto dos teus amigos e colegas! Ajuda-nos a Manter a PortalEnf. Clica aqui para saber mais!

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades e analisar o nosso tráfego. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. Aceitar Ler mais

Share This Article:

close

Assina a nossa Newsletter!

Assina e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina a nossa Newsletter e recebe todas as novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinar. Vais receber um mail... verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Partilha isto com um amigo