COVID-19: Aterrou em Lisboa mais um avião fretado com material de proteção individual

0 7

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

“Se esse for o caso, amanhã [sexta-feira] já o material pode começar a ser levantado nas nossas instalações”, referiu o representante da Câmara de Cascais, adiantando que o processo “é muito fácil, é só identificar o material, bater certo com o inventário”.

No global, as encomendas representam um investimento de 10 milhões de euros, dos quais “6,5 milhões de euros se destinam aos outros municípios da AML”, mas liquidado agora pelo município de Cascais.

“Estamos numa altura de sermos solidários e, mais tarde, obviamente, cada uma das câmaras fará contas com o município de Cascais” explicou Jorge Roquette Cardoso.

Sobre a necessidade de avançar com novas encomendas, o representante da Câmara de Cascais assegurou que há uma atualização constante do ‘stock’, considerando que com o material que chegou e com o que virá na próxima terça-feira os municípios da AML vão “ficar bastante confortáveis”.

“Mas a máquina está a rolar e, havendo a necessidade de colocar novas encomendas, colocaremos. É preciso perceber que o fator antecipação é absolutamente determinante para termos o ‘stock’, razão pela qual acabamos por fazer esta parceria com os outros municípios da AML, porque temos a máquina toda montada”, reforçou.

Quanto ao custo do material, Jorge Roquette Cardoso disse que “são preços não só normais como até abaixo do que é normal, tendo em conta também as questões das quantidades que estão a ser encomendadas”.

Na distribuição pelas entidades públicas, a prioridade são profissionais que estão na linha da frente no combate à pandemia, nomeadamente médicos e enfermeiros, forças de segurança, bombeiros e funcionários de lares.

Do material encomendado, indicou, constam 1,2 milhões de pares de luvas, dois milhões de máscaras, 200 mil batas, 50 mil viseiras e 30 mil óculos que se destinam a municípios da AML.

Para Cascais, as encomendas trazem 2.000 fatos-macaco, 500.000 pares de luvas, dois milhões de máscaras, 10.000 toucas, 10 tendas de proteção civil e 150 nebulizadores destinados a coletividades com vista à desinfeção das instalações.

O novo coronavírus, responsável pela pandemia da covid-19, já infetou mais de 1,5 milhões de pessoas em todo o mundo, das quais morreram mais de 87 mil.

Em Portugal, segundo o balanço feito na quarta-feira pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 380 mortes, mais 35 do que na véspera (+10,1%), e 13.141 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 699 em relação a terça-feira (+5,6%).

Fonte: Lifestyle Sapo

Gostaste deste artigo? Divulga-nos junto dos teus amigos e colegas! Ajuda-nos a Manter a PortalEnf. Clica aqui para saber mais!

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades e analisar o nosso tráfego. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. Aceitar Ler mais

Share This Article:

close

Assina a nossa Newsletter!

Assina e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina a nossa Newsletter e recebe todas as novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinar. Vais receber um mail... verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Partilha isto com um amigo