COVID-19: Mais de 300 enfermeiros infetados e 1.750 em vigilância ativa em casa

0 52

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

“Estes são os primeiros resultados do inquérito lançado pela Ordem, na passada terça-feira, para conhecer a real situação dos Enfermeiros que estão na linha de defesa da pandemia da COVID-19”, informa a Ordem dos Enfermeiros em comunicado.

“Em apenas 48 horas, 18.306 enfermeiros responderam ao formulário, o que corresponde a cerca de 40% do número de Enfermeiros que trabalham no SNS. Ainda assim, com uma amostra mais pequena, os resultados confirmaram as suspeitas da OE, de que os dados que estão a ser avançados estão aquém da realidade”, lê-se na nota.

“Com 18 mil respostas, temos 322 enfermeiros infetados e mais de 1500 afastados das suas funções, em vigilância ativa em casa”, acrescenta.

O Porto é a cidade com maior número de enfermeiros com a infeção, 104, seguida de Lisboa, com 62, Coimbra com 46 e Braga com 26.

Em Portugal, segundo o balanço feito na quinta-feira pela Direção-Geral da Saúde, registaram-se 209 mortes, mais 22 do que na véspera (+11,8%), e 9.034 casos de infeções confirmadas, o que representa um aumento de 783 em relação a quarta-feira (+9,5%).

Portugal iniciou às 00:00 de hoje a renovação do estado de emergência devido à pandemia de covid-19 por mais 15 dias, até 17 de abril, abrangendo o período da Páscoa.

Como é que o sabão destrói o vírus? Dúvidas sobre a lavagem das mãos

Fonte: Lifestyle Sapo

Classifica este artigo: [ratings]

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Loading
Loading...
Share This Article:

close