O sucesso da Tailândia na luta contra a covid-19 teve um preço: suícidio

0 102

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

ILO Asia-Pacific / Flickr

A taxa de sucesso na luta contra a pandemia de covid-19 na Tailândia teve uma consequência desastrosa: stresse, desespero e um aumento de suícidios.

As taxas de casos e mortes por covid-19 na Tailândia estão entre as mais baixas do mundo, com cerca de 3.100 casos confirmados e 58 mortes. Os epidemiologistas tailandeses dizem que o seu sistema de saúde – um dos melhores do mundo – teve um papel importante, bem como a quarentena rigorosa.

Como noutros países, as medidas para conter o vírus também causaram perturbações em massa quando a economia parou repentinamente. Lojas, escritórios, shoppings, mercados, fábricas, ginásios, restaurantes e bares foram obrigados a fechar. Voos domésticos e internacionais foram suspensos.

As poucas empresas que permaneceram abertas, como supermercados, foram obrigadas a fazer verificações de temperatura à porta e fornecer desinfetante aos clientes.

Enquanto isso, as pessoas receberam ordens para ficar em casa e, se saíssem, eram obrigadas a usar máscara.

Em maio, o Governo começou a levantar as restrições e, em meados de junho, a maioria das empresas foi autorizada a reabrir.

No entanto, um dos maiores custos da pandemia de covid-19 foi a saúde mental dos tailandeses. Varoth Chotpitayasunondh, psiquiatra e porta-voz do departamento de saúde mental do Ministério da Saúde Pública da Tailândia, disse, de acordo com o NPR, que agora que a ameaça da covid-19 está sob controle, o Governo enfrenta um desafio diferente de saúde pública: “A próxima onda do problema será a saúde mental”.

De acordo com o relatório global de 2016 da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre saúde mental, com 14,4 suicídios em cada 100 mil pessoas, a Tailândia tem a maior taxa de suicídio no sudeste da Ásia. O Governo contesta estes números, dizendo que os seus dados mostram uma taxa básica de 6 a 6,5 ​​mortes por suicídio por 100 mil pessoas.

O que as autoridades não contestam é que as dificuldades económicas trazidas pela pandemia e crescente desemprego provavelmente levarão a um aumento de suicídios.

Para compensar as dificuldades económicas, o Governo lançou, em março, um programa de ajuda financeira que desembolsa 5.000 baht (142 euros) por mês, durante três meses, para pessoas cujos rendimentos foram afetados. Quase 29 milhões de tailandeses se inscreveram.

No entanto, os atrasos e rejeições levaram alguns habitantes ao desespero. Em abril, uma mulher bebeu veneno de rato do lado de fora do Ministério das Finanças para protestar contra o longo processo de inscrição para receber a ajuda de 142 euros.

Somchai Preechasilpakul, professor de Direito na Chiang Mai University, faz parte da equipa que publicou um relatório no final de abril, que constatou que, das mais de 80 tentativas de suicídio analisadas em abril, 44 estavam relacionadas a dificuldades causadas pelo bloqueio económico.

Chotpitayasunondh estudou o padrão da crise financeira asiática de 1997 para preparar a resposta para esta. Uma profunda recessão e esmagadora austeridade resultaram num aumento de suicídios na Tailândia – lentamente no início, atingindo dois anos depois, em 1999, 8,6 mortes por suicídio por 100 mil habitantes e com taxas acima da média inicial durante cinco anos após o impacto.

Estudos sobre a crise financeira global de 2008 correlacionaram o desemprego com o aumento do número de suicídios nas regiões ao redor do mundo. Um relatório das Nações Unidas de maio soou o alarme sobre a necessidade de ação sobre o impacto da covid-19 na saúde mental.

Na Tailândia, muitos dos setores mais cruciais da economia foram severamente afetados pelo bloqueio. O turismo, que representa 20% do PIB nacional, entrou em colapso quando as fronteiras internacionais fecharam e as companhias aéreas suspenderam os voos. A manufatura representa 30% do PIB, mas as fábricas foram fechadas e as exportações terão dificuldade em recuperar, pois o comércio global permanece incerto.

A Tailândia controlou a disseminação do vírus em parte por causa de uma vasta rede de mais de um milhão de voluntários de saúde, que foram de porta em porta verificar temperaturas, distribuir conselhos de saúde pública e eliminar informações erradas. À noite, costuravam máscaras e, pela manhã, distribuíam-nas pelos vizinhos.

Agora, os mesmos voluntários receberão treino básico para reconhecer stresse, desgaste e ansiedade. Se um de seus vizinhos estiver a exibir sinais de possível depressão ou ideação suicida perigosa, terão de os encaminhar para enfermeiros, assistentes sociais ou psiquiatras.

O departamento de saúde mental lançou um programa para ajudar os tailandeses a enfrentar a crise de saúde mental, que inclui um plano de prevenção chamado de “vacina mental”, destinado a fornecer diretrizes para desenvolvere resiliência mental e encontrar formas de adaptar as atividades aos desafios das comunidades.

Para criar autoestima e uma sensação de controlo, as vilas podem designar trabalhadores voluntários para trabalhos na comunidade como uma forma de lhes dar um sensação de propósito num momento incerto.

As famílias podem ajustar os seus papéis para partilhar os encargos causados pelo período de perturbação da pandemia. Se um perder o emprego, outro membro da família poderá assumir um trabalho empreendedor, como vender alimentos cozidos nos mercados recém-abertos, por exemplo.

As comunidades podem promover uma sensação de segurança e tranquilidade com informações medidas e transparentes sobre a covid-19 e disseminar dicas sobre como lidar com o stresse e a ansiedade.

Os líderes e sábios das aldeias estão a ser incentivados a reunir os seus bairros para se ajudarem uns aos outros.


Fonte: ZAP

Gostaste deste artigo? Divulga-nos junto dos teus amigos e colegas! Ajuda-nos a Manter a PortalEnf. Clica aqui para saber mais!

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades e analisar o nosso tráfego. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. Aceitar Ler mais

Share This Article:

close

Assina a nossa Newsletter!

Assina e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina a nossa Newsletter e recebe todas as novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinar. Vais receber um mail... verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

O sucesso da Tailândia na luta contra a covid-19 teve um preço: suícidio is highly popular post having 13 Facebook shares
Share with your friends
Powered by ESSB
Partilha isto com um amigo