COVID-19: Hospitais de Coimbra com baixa incidência de infetados entre os profissionais de saúde

0 9

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Um estudo iniciado pelo Núcleo de Investigação em Enfermagem do CHUC sobre o “Impacto da Covid-19 nos profissionais de Saúde do CHUC, implicações na gestão dos recursos humanos, na saúde e nas vivências pessoais” refere que, num universo de 6.393 profissionais em atividade, foram contabilizados 187 infetados.

Em comunicado enviado à agência Lusa, o CHUC refere que, “tanto os enfermeiros (grupo mais exposto), como os restantes profissionais, se infetaram quase exclusivamente nos meses de março e abril, quando a política de prevenção ainda não estava devidamente estabelecida e depois devido a situações inesperadas, sendo que as infeções não ocorreram nos serviços dedicados à covid-19”.

Até 21 de junho, o centro hospitalar registou 112 enfermeiros, 44 assistentes operacionais e 31 médicos infetados.

“De realçar também que para a gestão do absentismo, relacionado com os casos de covid-19 e o encerramento de escolas, foi necessário mobilizar 310 enfermeiros e 154 assistentes operacionais”, adianta a nota.

Entre 15 de março e 01 de junho, o CHUC admitiu ao serviço 58 novos enfermeiros e 54 assistentes operacionais.

De acordo com a estrutura hospitalar, um dos objetivos do estudo passa também por conhecer as vivências dos profissionais que estiveram a trabalhar em serviços dedicados à covid-19 ou que foram, eles próprios, infetados.

Da análise efetuada até ao momento, com 20 entrevistados, a equipa responsável identificou cinco grandes temáticas: nível organizacional, liderança, trabalho em equipa, as vivências na prestação de cuidados e as vivências pessoais.

“As repercussões ficaram, notam-se ainda hoje, nomeadamente por situações de depressão ou influência nas relações conjugais. Mas, apesar de todas estas dificuldades, os profissionais expressaram confiança e otimismo para o futuro e um elevado sentido de ética profissional”, conclui o comunicado.

No estudo iniciado pelo Núcleo de Investigação em Enfermagem do CHUC, sob a coordenação do enfermeiro António Marques, colaboram os serviços de Psiquiatria, Psicologia, Saúde Ocupacional e a Unidade de Investigação em Ciências da Saúde/Enfermagem, da Escola Superior de Enfermagem de Coimbra.

Fonte: Lifestyle Sapo

Gostaste deste artigo? Divulga-nos junto dos teus amigos e colegas! Ajuda-nos a Manter a PortalEnf. Clica aqui para saber mais!

Receba atualizações em tempo real diretamente no seu dispositivo, inscreva-se agora.

Utilizamos cookies para personalizar conteúdo e anúncios, fornecer funcionalidades e analisar o nosso tráfego. Ao continuar a navegar, está a concordar com a sua utilização. Aceitar Ler mais

Share This Article:

close

Assina a nossa Newsletter!

Assina e recebe as últimas novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinares. Se não receberes o mail de confirmação verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

O melhor da PortalEnf no teu Email...

Assina a nossa Newsletter e recebe todas as novidades da PortalEnf!

Obrigado por assinar. Vais receber um mail... verifica a caixa de Spam!

Something went wrong.

Partilha isto com um amigo