Tutoriais

Finalmente o que é o Gap CO2?!

O Gap (lacuna; diferença) é a diferença entre a pressão parcial de CO2 venoso (pvCO2) e a pressão parcial de CO2 arterial (paCO2). O primeiro a publicar sobre o uso do Gap na prática foi Durkin em 1993. Foi ele quem primeiro associou o Gap ao índice cardíaco como medidas inversamente proporcionais. Esse trabalho inicial despertou um grande interesse pelo fato de ser uma medida extremamente simples de ser medida e por ser capaz de avaliar qualitativamente se o índice cardíaco estaria baixo ou elevado.

CO2gap = pvCO2 – paCO2
ou
CO2gap = p(v-a)CO2

A medida quantitativa do índice cardíaco é feita através do cateter de artéria pulmonar (Cateter de Swan-Ganz), algo que exige um material de alto custo, um treinamento especializado para a inserção do cateter e também para a análise dos seus dados. Além de tudo isso, é um procedimento muito invasivo e com riscos consideráveis.

O Gap de CO2, por sua vez, é muito simples de ser feito porque depende apenas da coleta do sangue venoso central (trabalhos mais recentes) ou sangue venoso misto (trabalhos mais antigos) e do sangue arterial coletado em artéria radial ou femoral. Um simples cálculo de subtração que estima o índice cardíaco, traz para a prática clínica uma imensa vantagem por ser mais rápido e principalmente menos invasivo.

Pub

Trabalhos experimentais estudaram a relação entre o Gap com a hipoxemia hipóxica e a hipoxemia isquêmica. No primeiro caso foi reduzida artificialmente a oferta de O2 sem alteração do débito cardíaco nos animais e foi observado que o Gap se mantinha em valores baixos. No segundo caso foi mantida a oferta de O2 e reduzido o débito cardíaco artificialmente (um estudo fez sangria e outro fez cardioplegia química) demonstrando assim, que o Gap ficava elevado.

A partir desses dados, vários estudos de associação foram feitos com seres humanos e ficou cada vez mais claro que o Gap elevado (>5 ou >6; dependendo da referência) significava um baixo débito cardíaco, e isso vale até hoje! A confusão aparece quando se tenta correlacionar o Gap elevado como indicativo de metabolismo anaeróbio, ou com hiperlactetemia, ou com hipovolemia… São muitas as extrapolações para uma medida que infere apenas se o débito cardíaco está elevado ou baixo, simplesmente isso e nada mais.

Portanto, o Gap de CO2 é uma medida de adequação do débito cardíaco, com valores maiores que 5 ou 6, a depender da referência da literatura, representando um débito insuficiente e que não se correlaciona com metabolismo anaeróbio, lactato ou fluidorresponsividade.

Ver também:

Pub

Princípios de interpretação da gasometria arterial

Gasometria arterial… como interpretar em 4 etapas

Fonte: https://blincmed.com

Looks like you have blocked notifications!

Pub

Portalenf Comunidade de Saúde

A PortalEnf é um Portal de Saúde on-line que tem por objectivo divulgar tutoriais e notícias sobre a Saúde e a Enfermagem de forma a promover o conhecimento entre os seus membros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo
Situs sbobet resmi terpercaya. Daftar situs slot online gacor resmi terbaik. Agen situs judi bola resmi terpercaya. Situs idn poker online resmi. Agen situs idn poker online resmi terpercaya. Situs idn poker terpercaya.

situs idn poker terbesar di Indonesia.

List website idn poker terbaik.

Permainan judi slot online terbaik

Keuntungan Bermain Di Situs Judi Bola Terpercaya Resmi
error: Alert: Conteúdo protegido !!