Atualidade

UTAD dá passo para a criação do curso de medicina no dia do 35.º aniversário

“A UTAD está empenhada na preparação de uma candidatura diferenciadora, dando resposta a uma necessidade nacional que ficou clara, agora, com esta pandemia”, afirmou à agência Lusa António Fontaínhas Fernandes, reitor da academia localizada em Vila Real.

Para além da falta de médicos, o responsável apontou o surgimento de “uma nova tipologia de doenças que está associada com a transferência para o homem das doenças animais”.

“Conhecíamos as questões da brucelose e outras, mas não com o efeito que está a ter esta pandemia”, referiu.

Fontaínhas Fernandes defendeu que, a nível nacional, é “necessária uma formação que estude a área das doenças zoonóticas (transmitidas por animais) e apontou a potencialidade da UTAD nesta área, pois já possui um “curso de medicina veterinária, acreditado internacionalmente”.

“Criar um curso no conceito de uma só saúde, saúde animal e humana, faz todo o sentido em Portugal e com uma linha de desenvolvimento europeia, e, por isso, é que está previsto para os dias 01 e 02 de junho, no âmbito da presidência europeia, que a UTAD seja o palco da discussão desta nova tipologia de doenças”, referiu.

Na terça-feira, dia em que a UTAD comemora 35 anos, vai ser assinado um protocolo com o Centro Hospitalar de Trás-os-Montes e Alto Douro com vista à preparação do grupo de trabalho que vai avançar com a criação do centro académico clínico que, segundo o reitor, “é a base para o futuro curso de medicina”.

“É um projeto que vai exigir algum tempo (…), mas, mais importante nesta fase é reunir os atores e dar o pontapé de saída”, salientou.

No dia de aniversário, vão também ser apresentados os dois laboratórios associados Inov4Agro e AL4AnimalS, já anunciados, e a aprovação das candidaturas para “dois grandes roteiros de infraestruturas científicas”, o polo de Vila Real do Instituto Fraunhoffer, no domínio da agricultura de precisão, e o UTAD Food Alliance, na área da ciência animal.

Fontaínhas Fernandes referiu que cada um destes dois últimos projetos representa um financiamento de “2,5 milhões de euros”.

O reitor termina agora o seu segundo mandato à frente da academia transmontana e à Lusa referiu que sai com o sentimento de “missão cumprida”.

“Os objetivos e as metas que estabelecemos nos dois planos estratégicos estão cumpridos e significa que a universidade está melhor preparada para dar resposta aos novos desafios societais que se adivinham, quer no âmbito da digitalização quer no âmbito dos desafios ambientais”, salientou.

Referiu ainda que o primeiro mandato ficou marcado “pela presença da ‘troika’ em Portugal e o segundo por uma forte pandemia”.

Apesar das dificuldades, disse que a UTAD “apresenta contas equilibradas” relativamente ao último exercício (ano 2020) e que o relatório de contas vai ser apresentado ao novo conselho geral em abril.

“Ainda acresce um fator muito positivo que advém de uma medida tomada pelo Governo em que os projetos executados entre julho e abril vão passar a ser cofinanciados a 100%, o que irá resultar num encaixe adicional de cerca de um milhão de euros para a UTAD”, salientou.

A universidade tem também preparados dois projetos para apresentar candidaturas, mal o Governo avance nessa área, para a ampliação da capacidade de alojamento universitário das atuais 500 para as 800 camas.

E, quanto ao regresso ao ensino presencial, adiantou que a UTAD está a preparar um plano faseado que será iniciado a 19 de abril.

O programa do aniversário inclui uma sessão solene, que decorrerá em formato ‘online’, uma oração de sapiência sobre os desafios do Norte, proferida por António Cunha, Presidente da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte (CCDR-N), e será encerrada pelo ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor.

As distinções relativas à responsabilidade social são este ano atribuídas ao Santander Universidades e à Fundação JB Memorial Trust, pelo “compromisso continuado com o apoio aos estudantes mais carenciados”, e ainda ao Centro de Testagem Covid-19 da UTAD, pelo “significativo trabalho em prol da comunidade neste período complexo de pandemia”.

O dia termina com o concerto “Da UTAD para Vila Real – Uma homenagem musical à cidade percorrendo o mundo”, pelo clarinetista Nuno Pinto e o pianista Bernardo Soares. O concerto vai ser transmitido pela UTAD TV.

LUSA/HN

Outros artigos com interesse:

Source link

Looks like you have blocked notifications!

Segue as Notícias da Comunidade PortalEnf e fica atualizado.(clica aqui)

Portalenf Comunidade de Saúde

A PortalEnf é um Portal de Saúde on-line que tem por objectivo divulgar tutoriais e notícias sobre a Saúde e a Enfermagem de forma a promover o conhecimento entre os seus membros.

Deixe um comentário

Artigos Relacionados

Botão Voltar ao Topo
Keuntungan Bermain Di Situs Judi Bola Terpercaya Resmi slot server jepang